Como consultar empréstimo consignado ativo?

Descubra se existe empréstimo consignado ativo pelo Meu INSS, Registrato ou SouGov

14 de agosto de 2023 Atualizado em 06 de fevereiro de 2024

Você sabia que é possível consultar os contratos de empréstimo consignado ativos em seu nome por diversas plataformas?

É um jeito eficiente de controlar suas finanças e evitar prejuízos, pois o acesso a essas informações impede que você pague por algo que não contratou.

Inclusive, temos um conteúdo específico que te ensina a descobrir como saber se tem empréstimo no seu nome

Saiba tudo sobre a consulta de empréstimo consignado em andamento e mantenha seus recursos em segurança.

O que significa empréstimo consignado ativo?

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito pessoal disponível para beneficiários do INSS, servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada.

Em poucas palavras, a operação consiste na contratação de crédito junto a uma instituição financeira com o pagamento das parcelas feito por meio do desconto automático diretamente na folha de pagamento.

Já o empréstimo consignado ativo significa que o contrato está em andamento

Ou seja, as parcelas estão sendo descontadas mensalmente e assim continuarão até o fim do prazo estipulado ou a quitação antecipada da dívida.

Como saber se tenho empréstimo ativo? Como saber se tem empréstimo no meu nome?

O monitoramento frequente de empréstimos em seu nome é importante porque, além de auxiliar no controle financeiro, ainda permite identificar rapidamente eventuais golpes ou ações que possam lhe causar prejuízos.

O procedimento para verificar se há empréstimo consignado em andamento é simples e pode ser feito diretamente do seu celular, tablet ou computador.

Confira a seguir formas de descobrir se você tem empréstimo consignado ativo em seu nome.

Consulta de empréstimo consignado INSS

Os beneficiários do INSS podem realizar a consulta a respeito de consignado ativo diretamente pelo aplicativo Meu INSS, disponível para Android e iOS.

Para verificar a existência de empréstimo consignado ativo é necessário acessar o Extrato de Empréstimo Consignado. Veja o passo a passo abaixo:

  • Acesse o app “Meu INSS”;
  • Na tela inicial, digite “Extrato” no campo “Do que você precisa?”;
  • Depois, basta clicar em “Extrato de Empréstimo Consignado”, dentre as opções que aparecerão na tela;
  • Salve ou imprima o arquivo PDF que será gerado.

Se você tem mais de um benefício ativo, será necessário selecionar qual deles deseja consultar. É recomendável consultar todos os benefícios para não deixar nenhuma informação relevante passar despercebida.

Leia mais: 9 vantagens do empréstimo para aposentado

Consulta de empréstimo consignado SIAPE

Os servidores públicos federais integrados ao SIAPE também podem consultar a existência de empréstimo consignado ativo em seu nome por meio do ambiente digital.

Nesse caso, basta acessar o aplicativo ou o portal SouGov. Confira o passo a passo:

  • Abra o SouGov e faça o login;
  • Vá até a área “Auto Atendimento”, na tela inicial, e clique na opção “Consignação”;
  • Na tela que se abre aparecerá as opções “Extrato das Consignações Ativas” e “Extrato das Consignações Encerradas”. Selecione a de seu interesse.

Leia mais: Empréstimo para servidor público: descubra 10 vantagens e onde fazer

Registrato: saiba como o site pode te ajudar a descobrir se há um empréstimo em seu nome

O Registrato é um serviço disponibilizado pelo Banco Central do Brasil para consultas de contas-correntes ativas, chaves Pix cadastradas, dívidas ativas e contratos de empréstimo vinculados ao seu CPF.

O sistema compila as informações recebidas diretamente das instituições financeiras e as disponibiliza para consulta pelo interessado.

Desta forma, a consulta de empréstimo consignado ativo pelo Registrato está disponível para qualquer cidadão, seja beneficiário do INSS, servidor público ou trabalhador da iniciativa privada.

Para acessar os relatórios oferecidos pelo sistema, basta seguir o passo a passo:

  • Acesse a página oficial do Registrato;
  • Faça o login com os dados cadastrados no sistema gov.br (CPF e senha);
  • Na opção “Empréstimos e Financiamentos”, clique em “Consultar”;
  • Preencha os campos com as informações necessárias (datas, tipo de relatório e aceite no termo de responsabilidade) e clique em “Gerar relatório”.

O documento ficará disponível com as informações sobre a instituição em que a dívida está ativa, valores e outras condições. É possível fazer o download do arquivo ou enviá-lo por e-mail.

É importante saber que, como as informações contidas nos relatórios emitidos pelo Registrato são fornecidas pelas instituições financeiras, os dados podem não corresponder aos valores atualizados.

Ainda assim, é mais uma alternativa para verificar a existência de empréstimo consignado ativo.

O que fazer ao descobrir um consignado sem autorização?

As fraudes no empréstimo consignado estão cada vez mais frequentes no país e, de modo geral, os aposentados do INSS são mais afetados. 

Para se ter uma ideia, em 2022 foi registrada uma ocorrência do tipo a cada seis horas, com um total de 57 mil casos no ano, de acordo com os Procons do Brasil.

Embora se deparar com uma dívida que não é sua seja preocupante, saiba que é possível contornar a situação com algumas medidas que devem ser tomadas assim que tiver conhecimento do ocorrido.

Tenha em mente que cada um dos passos a serem seguidos devem ser registrados e arquivados, com a impressão do documento ou protocolo gerado na ação. 

Tome nota de todas as informações obtidas, fundamentais para a apuração dos responsáveis pelo golpe.

Leia mais: Cobrança antecipada de empréstimo? É golpe! Saiba como fugir

1. Registre um boletim de ocorrência

Em geral, um contrato de empréstimo realizado sem sua autorização é considerado um crime, seja por golpe, ou por fraude.

Nesse caso, a primeira medida a ser tomada é o registro da ocorrência na polícia local. 

O boletim de ocorrência pode ser realizado presencialmente ou por meio eletrônico, com o envio de todas as informações possíveis sobre o caso, inclusive o relatório obtido durante as pesquisas realizadas.

Além de resguardar seus direitos, o registro do boletim possibilita a investigação que pode levar à identificação do autor da conduta criminosa.

2. Avise a instituição financeira

Outra medida de extrema importância a ser tomada é a comunicação do golpe à instituição financeira credora. É preciso informar ao banco de que aquele contrato não foi autorizado.

Durante a comunicação, você deve apresentar os relatórios obtidos no Registrato, no Meu INSS ou no SouGov, além do boletim de ocorrências, se já o tiver em mãos.

Se houver alguma dificuldade de comunicação pelos principais canais, tente ir até a agência mais próxima. Você ainda pode recorrer ao serviço de atendimento ao consumidor disponibilizado ou à ouvidoria da instituição.

Novamente, lembre-se de anotar toda e qualquer informação obtida durante os contatos, inclusive os protocolos de atendimento.

3. Comunique ao INSS ou ao Serpro

É preciso comunicar ao órgão pagador da sua remuneração ou benefício, para a suspensão dos descontos referentes ao contrato não autorizado.

No caso dos aposentados, pensionistas e pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a comunicação deve ser realizada ao INSS, pela Central 135.

Leia mais: Atendimento do INSS: lista atualizada de canais e horários

Servidores públicos podem comunicar o órgão ao qual esteja vinculado. No caso dos servidores federais, o Serpro deve ser informado da ocorrência.

Empregados celetistas, por sua vez, devem avisar às respectivas empresas, a partir das informações do contrato e do boletim de ocorrência.

4. Faça uma denúncia junto ao Banco Central

Para dar efetividade ao controle das atividades bancárias no país, sobretudo no combate a fraudes e golpes, a comunicação ao Banco Central é de extrema importância.

A abertura de reclamação pode ser feita diretamente no site da instituição ou pela Central de Atendimento 145.

5. Bloqueie seu benefício para empréstimo

Essa é uma medida que independe da ocorrência de fraudes ou golpes para ser tomada, pois é cabível a qualquer tempo.

Se você não tem a intenção de contratar consignado, uma boa alternativa para garantir sua segurança é bloquear o benefício para empréstimo

Isso evita que criminosos tenham êxito ao submeter seus dados à contratação de linhas de crédito e ativação do desconto automático.

Como mecanismo de segurança, o próprio INSS bloqueia o benefício para empréstimos logo após a concessão. O desbloqueio é permitido dentro de 90 dias, contados a partir da liberação. 

Caso você tenha realizado o bloqueio, poderá liberá-lo a qualquer momento.

Dúvidas comuns sobre empréstimo consignado ativo

O assunto empréstimo consignado ativo é cheio de nuances por apresentar variações no acesso às informações e nas consequências decorrentes de um contrato realizado sem autorização, por exemplo.

Por esse motivo, separamos as dúvidas mais comuns que podem surgir quando se trata do tema.

Como ver empréstimo pelo CPF?

Acompanhar os contratos de empréstimo realizados em seu nome é possível por meio de diversas plataformas, como SouGov Meu INSS e Registrato.

Cada uma delas fornece informações a partir de banco de dados diferentes, com acesso a partir do CPF. 

No caso do Meu INSS, por exemplo, as informações se referem às averbações de benefícios previdenciários, como aposentadoria, pensão por morte e BPC.

O SouGov tem como parâmetro os registros dos bancos de dados dos servidores públicos federais, com base nos vínculos entre empréstimos e as remunerações. 

O Registrato, por sua vez, reúne informações enviadas pelas instituições financeiras, o que engloba beneficiários do INSS, servidores públicos e todos os outros grupos que podem fazer consignado.

Em outras palavras, o Registrato apresenta informações sobre todo e qualquer empréstimo realizado, independentemente do tipo de crédito e de consumidor. 

É possível ser indenizado por um empréstimo consignado indevido?

Se um empréstimo consignado foi realizado indevidamente e causou danos ou prejuízos, você pode pedir indenização, desde que os responsáveis pela contratação de empréstimo sem autorização sejam identificados.

A solicitação de indenização deve ser feita por meios judiciais. Por isso, é aconselhável a busca por ajuda profissional de um advogado para avaliar as condições de eventual ação indenizatória. 

Desta forma, o processo pode correr com mais segurança e tranquilidade.

Para além disso, há uma série de ações de prevenção que podem ser colocadas em prática para se proteger de fraudes e golpes. 

Como, por exemplo, não fornecer informações pessoais para estranhos e jamais enviar documentos por mensagem ou Whatsapp para números desconhecidos.

Também é importante se informar por meio dos portais oficiais das instituições financeiras e do órgão pagador. 

É possível cancelar um empréstimo ativo?

Sim. O cancelamento do contrato é um direito de quem teve um empréstimo consignado ativo realizado sem autorização. Afinal, mantê-lo vigente é sinônimo de prejuízo.

Sendo assim, é necessário entrar em contato com a instituição financeira credora, informar a ocorrência e solicitar o cancelamento do contrato imediatamente. 

Não se esqueça de encaminhar o boletim de ocorrência junto às informações dos relatórios.

Muitas ações fraudulentas e golpes ocorrem pelo roubo de dados, seja em sites suspeitos, ou links enviados com propostas irrecusáveis de empréstimo a juros baixos. 

O fato é que as estratégias podem ser extremamente profissionais e se proteger delas demanda muita atenção. 

Como consultar contrato de empréstimo consignado?

Toda vez que você contrata algum tipo de empréstimo tem o direito de receber uma cópia do contrato, com todas as informações sobre o negócio.

Normalmente, as instituições financeiras enviam o documento por e-mail – por isso, vale procurar no seu endereço eletrônico, caso não tenha salvado uma cópia em outro local seguro.

Caso não encontre, a orientação é entrar em contato com a instituição financeira, por meio de canal oficial, e solicitar a segunda via do contrato de empréstimo.

Como saber se um aposentado tem empréstimo?

No caso do empréstimo consignado, é possível consultar a plataforma Meu INSS e verificar no documento “Extrato de Empréstimos Consignados”. Para outros tipos de empréstimo, a melhor fonte é o Registrato, plataforma oficial do governo federal.

Empréstimo consignado no PicPay

Aposentados e pensionistas do INSS, além dos servidores públicos federais, já podem contratar empréstimo consignado no PicPay com segurança garantida.

A novidade chegou ao nosso ecossistema financeiro em março, logo após a compra da BX Blue, fintech especializada em consignado.

Todo o procedimento pode ser feito pelo celular, com dinheiro liberado em poucas horas após a contratação. Se precisar, você pode contar com a ajuda da nossa equipe de consultores especializados.

E caso ainda tenha dúvidas sobre a contratação, você pode fazer a simulação gratuita de valores, taxas e prazos personalizados para a sua realidade financeira. Você pode simular de forma direta e gratuita aqui.

Abaixo, confira o passo a passo para simular e contratar consignado no app do PicPay:

  • Abra o aplicativo;
  • Na tela inicial, clique em “Empréstimo”;
  • Depois, selecione a opção “Consignado INSS e Siape”;
  • Preencha o formulário com seus dados de contato e de ocupação;
  • Envie seu comprovante de rendimentos mais recente.

Pronto! Agora é com a gente. Aguarde alguns minutos, enquanto nosso sistema confirma se você pode contratar e avalia se há propostas disponíveis para o seu perfil.

Em caso positivo, a oferta aparecerá na tela e, para prosseguir com a contratação, é só dar o aceite. 

As próximas etapas envolvem o envio de documentos complementares (comprovante de endereço e documento de identificação com foto), a assinatura do contrato, autorização do órgão pagador e liberação do dinheiro.


Quer saber mais sobre consignado e outros temas que impactam o seu bolso? Não deixe de conferir os conteúdos exclusivos no Blog do PicPay.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 5

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados