PicPay compra BX Blue, especializada em crédito consignado

Com a aquisição, o PicPay entra no mercado de crédito consignado e amplia oferta de produtos financeiros para os usuários

7 de fevereiro de 2023

Para diversificar cada vez mais os produtos e serviços financeiros oferecidos aos mais de 30 milhões de usuários ativos do app, o PicPay acaba de comprar a BX Blue, fintech de crédito consignado. 

A empresa atua como um marketplace de crédito consignado para servidores públicos federais, aposentados e pensionistas do INSS

O movimento amplia a oferta de serviços financeiros do PicPay, que já conta com as seguintes modalidades de crédito: 

A aquisição marca o início da estratégia do PicPay em crédito consignado, um mercado de mais de R$ 500 bilhões e de baixo risco.

“A BX Blue tem tecnologia, inteligência e parceiros em uma plataforma digital extremamente segura e com a melhor experiência. Somados ao nosso ecossistema, a força da nossa marca e a base de clientes, resulta em um potencial enorme de escalarmos o crédito consignado.”

Danilo Caffaro, vice-presidente de Serviços Financeiros para Pessoa Física do PicPay.

Além do mais, o PicPay acredita que a compra pode atrair um público mais sênior, que é o principal da fintech, para o aplicativo.

O que é a BX Blue?

A BX Blue é um marketplace em que servidores públicos federais, aposentados e pensionistas do INSS podem contratar empréstimos consignados de forma 100% digital com comodidade, transparência e segurança.

Um marketplace funciona como um shopping center, já que é um espaço que reúne produtos e serviços de diferentes empresas.

Leia mais: Marketplace de serviços financeiros: como funciona?

Dessa forma, os clientes podem conferir todas as ofertas em um só lugar e contratar o produto que melhor atenda às próprias necessidades.

A BX Blue conta com produtos para pensionistas do INSS, incluindo os contemplados pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC), servidores públicos federais (SIAPE) do Poder Executivo e todas as pessoas que têm saldo em contas do FGTS.

A empresa foi fundada há seis anos, em Brasília, por Fabrício Buzeto, Gustavo Gorenstein e Roberto Braga, que viram a dificuldade que familiares e pessoas próximas tinham na hora de pesquisar e contratar um crédito consignado. 

“Sabemos que, de forma geral, as pessoas vão à BX Blue com duas necessidades: resolver um imprevisto ou realizar um sonho. Com os vários produtos e serviços do PicPay, poderemos ajudar ainda mais esses clientes.”

Gustavo Gorenstein, cofundador da BX Blue.

Como reconhecimento do potencial de inovação para o segmento, a BX Blue foi acelerada pela Y Combinator, no Vale do Silício. 

A empresa também foi reconhecida em 2019 no ranking 100 Startups to Watch e foi uma das ganhadoras do Prêmio Idei@ABBC, organizado pela Associação Brasileira de Bancos (ABBC). 

“Ao unir forças com o PicPay, nossa entrega de valor aumenta exponencialmente. Tanto para os bancos parceiros, que vão poder ter acesso à gigante base do PicPay, quanto para os usuários.”

Gustavo Gorenstein, cofundador da BX Blue.

Como vai funcionar a integração?

Com a aquisição, o PicPay passa a absorver totalmente a operação da BX Blue, que tem 1 milhão de clientes registrados e processou mais de R$ 2,4 bilhões em contratos desde a sua fundação.  

Por enquanto, nada muda para os clientes. As duas empresas continuam funcionando normalmente e de forma independente – os canais de atendimento e serviços continuam disponíveis como sempre.

Em breve, a BX Blue será integrada ao PicPay e toda a base elegível poderá contratar o empréstimo consignado diretamente pelo app.

Hoje, além das ofertas de crédito, o marketplace de produtos financeiros do PicPay também oferece:

Esta é a segunda aquisição do PicPay em menos de dois anos. Em 2021, a empresa comprou o Guiabolso para ser protagonista no Open Finance e acelerar o marketplace.

Leia mais: O que é Open Finance e suas vantagens para quem usa serviços financeiros

No fim de 2022, o PicPay anunciou o desligamento do Guiabolso, após concluir a integração de todas as funcionalidades e serviços do app de finanças. 

“O PicPay está sempre avaliando oportunidades. Atualmente, com a marca já bastante conhecida dos brasileiros, uma tecnologia robusta e um produto consolidado, temos a chance de atrair empresas que compactuam da mesma cultura e estratégia de crescimento.”

Danilo Caffaro, vice-presidente de Serviços Financeiros para Pessoa Física do PicPay.

O que você achou da novidade? Se quiser ficar por dentro de todos os lançamentos do aplicativo, acesse a nossa editoria com conteúdos sobre o PicPay.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 366

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados