Dashboard de vendas: veja como facilitar a gestão do seu negócio

Aprenda a melhorar o gerenciamento financeiro do seu negócio utilizando um dashboard de vendas e conheça o Painel Lojista do PicPay

20 de julho de 2022

Quem tem o próprio negócio sabe dos desafios de empreender. Um dos principais é conseguir ter um bom gerenciamento financeiro. Por causa disso,

neste conteúdo, vamos te ensinar como um dashboard de vendas pode te ajudar nesse processo! 

Dados do IBGE, de 2020, apontam que cerca de uma a cada cinco novas empresas fecham as portas após um ano. O panorama piora com o passar do tempo. Depois de cinco anos, metade dos negócios encerram as atividades.

Um dos erros fatais mais comuns, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, o Sebrae, é a má gestão financeira do negócio. 

Para garantir que seu negócio prospere, antes de mais nada, você precisa ter controle de tudo que entra e sai da sua empresa. Isso é o mínimo para o monitoramento dos resultados.

Esses números são cruciais, por exemplo, para o cálculo do capital de giro da sua empresa. Em resumo, o capital de giro é o valor necessário para manter o seu negócio funcionando. 

Outro indicador importante, que só pode ser calculado tendo em mãos dados sobre as vendas e os custos, é o de lucro bruto e lucro líquido. Apenas assim você saberá se a sua empresa está dando lucro ou prejuízo.

Além do mais, independentemente do regime de tributação do seu negócio, seja por lucro real, lucro presumido ou Simples Nacional, você tem que ter o registro de todas as suas vendas para o cálculo dos impostos.

Um bom gerenciamento financeiro é fundamental para todos os tipos de negócio.  Seja você gestor de uma grande, média, pequena ou microempresa, ou até mesmo Microempreendedor Individual (MEI).

Uma solução para sua organização financeira é utilizar um dashboard de vendas, que permite que você faça a gestão de vendas do seu negócio, ou seja, controlar o que entra e sai. Mas o que é isso? Vamos te explicar e ainda contar como o PicPay Empresas oferece essa solução para lojistas.

Leia mais: Como fazer a melhor gestão de vendas para a sua empresa

O que é um dashboard de vendas?

A tradução de dashboard para português é painel de controle. Ou seja, um dashboard de vendas nada mais é do que um painel de controle de vendas. 

Então por que um dashboard de vendas é tão importante? Além de te auxiliar a registrar todas as negociações, esse tipo de ferramenta permite que você faça o gerenciamento de vendas e pagamentos, e visualize os dados com mais clareza.

Como conseguir um dashboard de vendas?

O PicPay, maior aplicativo de pagamentos do país, também oferece soluções para facilitar a vida de empreendedores. Se você tem uma loja, física ou virtual, esse conteúdo é para você!

Com o PicPay Empresas você pode receber pagamentos via QR Code, tanto de usuários do PicPay, quanto de não clientes, pelo Pix. Também é possível fazer vendas sem maquininha, seja por QR Code, ou link.

Já o PicPay E-commerce é uma solução para você que tem um negócio virtual e quer ter o PicPay como meio de pagamento. Integrando a solução ao seu e-commerce, os mais de 30 milhões de usuários ativos do PicPay podem efetuar os pagamentos diretamente pelo app. 

Outras vantagens do PicPay Empresas e do PicPay E-commerce são: 

  • Possibilidade de receber pagamentos com cartão de crédito;
  • Isenção de anuidade, taxa de adesão ou manutenção;
  • Uma única taxa, cobrada sobre as vendas, que varia de acordo com o prazo de recebimento escolhido por você.

Os usuários do PicPay Empresas e do PicPay E-commerce têm acesso ao Painel Lojista, que funciona como um dashboard de vendas. 

No caso do PicPay Empresas, o painel pode ser acessado pelo aplicativo e pelo navegador. Já o PicPay E-commerce tem uma única versão web. Siga a leitura para conhecer mais sobre essa ferramenta.

Conheça o Painel Lojista, o dashboard de vendas do PicPay

Com o painel de vendas do PicPay, você consegue conferir um resumo de seus recebimentos (nome do pagador, data do pagamento, ID da transação, Unidade que recebeu o pagamento, status da transação e valor recebido), bem como cancelar pagamentos.

Uma dificuldade que o Painel Lojista também visa resolver é como controlar vendas no cartão de crédito. 

Na parte de extrato, você tem acesso a todas as movimentações da conta, desde pagamentos recebidos a saques efetuados. Há a opção de download desses dados em formato PDF ou planilha CSV.

Também no menu de extrato, é possível gerenciar as contas bancárias cadastradas, em um só lugar.

Na área de cobrança, você pode gerar o QR Code para colocar em uma plaquinha na sua loja física ou gerar um link de cobrança para enviar para os seus clientes em vendas à distância.

Por fim, o PicPay disponibiliza um canal, dentro do Painel Lojista, com conteúdos para sanar suas dúvidas. A opção fica no botão de interrogação, ao lado da logo da sua empresa, no canto superior direito. 

Agora que você já sabe sobre as funcionalidades do dashboard de vendas do PicPay, veja cinco indicadores de vendas que podem ser calculados com base nos dados fornecidos pelo Painel Lojista.

Indicadores que podem ser calculados com um painel de vendas

O Sebrae listou cinco indicadores de vendas que podem ser utilizados para você conseguir melhorar os números do seu negócio. 

  • Número de clientes;
  • Valor médio das vendas;
  • Valor do faturamento por produto;
  • Número de clientes que compram de novo;
  • Crescimento das vendas.

Quer entender mais sobre cada um desses indicadores, como calculá-los e qual a importância deles? A gente te explica!

Número de clientes

Embora possa parecer simples, saber o número de clientes que você teve ao longo de um período é crucial para analisar o desempenho do seu negócio em um determinado tempo. 

O cálculo é super simples. Basta contabilizar quantos clientes únicos você teve em um período de tempo. O ideal é que você mantenha registros antigos para poder fazer comparações.

Por exemplo, se notar que houve uma diminuição no número de clientes de um ano para o outro, você pode buscar um diagnóstico para essa queda e procurar maneiras de captar novos clientes

Isso também serve para você identificar meses que foram melhores e piores, em relação ao número de clientes, para encontrar fraquezas e potencialidades sazonais. 

O número de clientes também é imprescindível para o cálculo do valor médio das vendas por cliente.

Valor médio das vendas

O valor médio das vendas também é conhecido como ticket médio. Como o próprio nome já aponta, esse indicador mostra a média gasta por cada cliente durante um período. 

O cálculo é super simples, como você pode observar abaixo.

TICKET MÉDIO = VALOR TOTAL DAS VENDAS / NÚMERO DE CLIENTES

Para ficar mais claro, vamos supor que o seu negócio faturou R$ 20 mil ao longo de um mês e fez vendas para 80 clientes diferentes. Então a conta seria assim:

TICKET MÉDIO = 20.000 / 80

TICKET MÉDIO = R$ 250

Você pode fazer o cálculo do ticket médio de períodos diferentes. Seja um ano, um trimestre, um mês ou o que for. Com esses números em mãos, você tem a chance de identificar padrões de comportamento dos seus clientes e fazer projeções.

Além do mais, você pode tentar encontrar maneiras de aumentar o ticket médio com promoções de incentivo, como desconto progressivo na compra de mais produtos, por exemplo.

Valor do faturamento por produto

Se você somar todas as vendas, terá o valor do faturamento do seu negócio. Contudo, nem sempre esse número será um indicador de vendas eficiente, pois você não saberá quais produtos são mais representativos para o valor total.

Com um dashboard de vendas, como o Painel Lojista do PicPay, você consegue fazer o cálculo do valor do faturamento por produto. Assim você pode criar estratégias diferentes para cada um e até mesmo retirar algum produto do portfólio. 

FATURAMENTO POR PRODUTO = PREÇO POR UNIDADE VENDIDA * QUANTIDADE

Mesmo sendo simples, um exemplo, para ficar ainda mais claro, seria de uma loja de roupas que vendeu, em um mês, 15 unidades de uma mesma camiseta que custa R$ 80. Sendo assim, a conta do faturamento ficaria assim:

FATURAMENTO POR PRODUTO = 80 * 15

FATURAMENTO POR PRODUTO = R$ 1.200

Número de clientes que compram de novo

Além de buscar a captação de novos clientes, você precisa se esforçar sempre para manter clientes antigos. Oferecer bons produtos e serviços, com preços competitivos e com diferenciais, é uma das maneiras.

Para você conseguir quantificar a quantidade de clientes que voltam a fazer compras na sua loja, o dashboard de vendas também é interessante. 

Se perceber que este número está baixo, você pode buscar feedbacks desses clientes para entender melhor o que pode ser melhorado para garantir a fidelização. 

Busque conhecer a sua base de clientes e entender o que eles buscam. Munido de dados, você tem capacidade para estipular estratégias para fidelizar clientes, como descontos em novas compras e cupons em datas comemorativas. 

Leia mais: 15 dicas de como aumentar as vendas em datas comemorativas

Caso você tenha um e-commerce, preparamos um material específico com 11 estratégias de vendas online para o seu negócio.

Crescimento das vendas

Você sente que o seu negócio tem crescido, mas não consegue mensurar o quanto? Com um dashboard de vendas você consegue fazer comparações precisas entre períodos diferentes.

Leia mais: As 12 melhores dicas de vendas para impulsionar seu negócio

Você pode calcular o crescimento no número de vendas e também no valor total vendido. Nos dois casos, a conta é bem parecida, lembrando que você pode estipular qualquer intervalo de tempo. Veja como é o cálculo 

CRESCIMENTO NO NÚMERO DE VENDAS = [(NÚMERO DE VENDAS NO PERÍODO ATUAL – NÚMERO DE VENDAS NO PERÍODO ANTERIOR) / NÚMERO DE VENDAS NO PERÍODO ANTERIOR] * 100

Vamos a um exemplo para te ajudar a entender. Se em um ano você fez 180 vendas e no outro você fez 200, a conta fica assim:

CRESCIMENTO NO NÚMERO DE VENDAS = [(200 – 180) / 180] * 100

CRESCIMENTO NO NÚMERO DE VENDAS = [20 / 180] * 100

CRESCIMENTO NO NÚMERO DE VENDAS = 0,1111 * 100

CRESCIMENTO NO NÚMERO DE VENDAS = 11,11%

Se a análise for do total vendido, a equação é a seguinte:

CRESCIMENTO NO TOTAL VENDIDO = [(TOTAL VENDIDO NO PERÍODO ATUAL – TOTAL VENDIDO NO PERÍODO ANTERIOR) / TOTAL VENDIDO NO PERÍODO ANTERIOR] * 100

É importante destacar que esses números não indicam a lucratividade do seu negócio. Para saber o lucro, bruto ou líquido, você precisa descontar os custos fixos e variáveis da empresa.

Viu como um dashboard de vendas pode te ajudar no gerenciamento financeiro da sua empresa? Se você quiser ainda mais dicas de gestão, acesse nossos conteúdos para impulsionar o seu negócio!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 9

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados