Blog do PicPay: conteúdos sobre pagamentos, app e muito mais

PicPay neutraliza emissão de gases do efeito estufa em 2020

Entenda como o PicPay realizou a ação de neutralizar a emissão de gases do efeito estufa e seus principais impactos no meio ambiente.

15 de dezembro de 2021

O PicPay compensou as emissões de gases causadores do efeito estufa (GEE) provenientes da operação da companhia em 2020. 

Os GEEs são compostos gasosos capazes de aprisionar calor na atmosfera. À medida que eles colaboram para a retenção de calor e a umidade aumenta seu nível de emissões, os GEE causam o aumento do efeito estufa.

Há sete tipos de gases causadores do efeito estufa reconhecidos internacionalmente pelo protocolo de Kyoto. São eles:

  • Dióxido de carbono (CO2);
  • Metano (CH4);
  • Óxido  de nitrogênio (N2O);
  • Hidrofluorcarbono (HFCs);
  • Perfluorcarbono (PFCs);
  • Hexafluoreto de enxofre (SF6);
  • Trifluoreto de nitrogênio (NF3).

Além disso, o Protocolo de Montreal inclui os gases depletores  da camada de ozônio como os hidroclorofluorcarbono (HCFCs), que também contribuem para o  aquecimento global. 

Cada gás causador do efeito estufa tem um Potencial de Aquecimento Global (PAG) associado, que é a medida do quanto cada gás contribui para o aquecimento global.

É pela ligação dos gases causadores do efeito estufa com o aquecimento global e seus impactos no meio ambiente que a neutralização dos GEEs é fundamental entre as melhores práticas ambientais.

A neutralização do PicPay foi realizada por meio do investimento em projetos sustentáveis chancelados pelo programa Amigo do Clima.

O PicPay agora também é certificado pelo programa Amigo do Clima, que confere transparência e rastreabilidade às compensações.

Leia mais: PicPay começa a produzir energia solar na sede em Vitória

PicPay: o que significa neutralização de emissões de gases do efeito estufa?

A neutralização de gases do efeito estufa tem três fases. O primeiro deles é conhecer as fontes de emissão.

Esse mapeamento é feito também com o cálculo de emissões, que são expostos em um inventário chamado Inventário de Emissões de GEE. 

Ele é usado como uma ferramenta para quantificar as emissões e avaliar a pegada de carbono das operações de uma empresa no meio ambiente. 

Nesse processo, são levadas em conta tanto as operações diretas da companhia quanto as indiretas da companhia. Podem ser três tipos de fontes de emissão:

  • Escopo 1: São as fontes de emissão sobre as quais a empresa tem responsabilidade direta, como geradores que consomem combustível fóssil, processos industriais, atividades agrícolas, entre outros.
  • Escopo 2: São as fontes que provocam emissões indiretamente pelo consumo de energia elétrica.
  • Escopo 3: São as fontes de emissão indiretas, como viagens de negócios, deslocamento de funcionários até o trabalho, destinação de resíduos sólidos gerados, entre outros.

Como o PicPay neutralizou as emissões de GEEs 

Para realizar a neutralização das emissões de gases causadores do efeito estufa provenientes da operação em 2020, o PicPay realizou a compra de créditos de carbono para compensar as 388 toneladas de dióxido de carbono equivalente ou tCO2e.

O primeiro passo realizado pelo PicPay em busca das boas práticas relacionadas ao meio ambiente foi a realização do Inventário Corporativo de Emissões de GEE, feito pela consultoria WayCarbon.

Esse inventário permite traçar o perfil das emissões e possibilita que a escolha dos projetos para a compensação de créditos de carbono seja a mais adequada.

Entre os projetos selecionados em diferentes regiões, estão:

  • A implantação e operação de usinas eólicas no Brasil no alto da Chapada do Araripe, na fronteira entre Pernambuco e Piauí, para produção de energia limpa e renovável; 
  • A implantação e operação do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar e Chuí, constituído por 16 novas instalações de geração de energia eólica; 
  • A coleta de gás no Aterro Bandeirantes, em São Paulo, para aproveitá-lo na geração de energia elétrica.

Leia mais: Qual o lucro do PicPay? Por dentro dos nossos números

A redução do impacto ambiental é uma prioridade no plano do PicPay de sempre aperfeiçoar as suas práticas ESG (do inglês Environmental, Social and Governance, ou Ambiental, Social e Governança, em português). Por isso, a compensação dos GEEs emitidos em 2020 faz parte de um conjunto de ações.

Somadas aos investimentos em projetos sustentáveis, o PicPay também fez outras ações. Veja algumas delas abaixo:

  • Instalação de painéis solares na sede corporativa em Vitória, no Espírito Santo;
  • Coleta seletiva de resíduos;
  • Reuso de águas cinzas (água residual, utilizada anteriormente para atividades como lavar louça);
  • Descarte de eletrônicos;
  • Substituição de utensílios plásticos por opções ecológicas, entre outros.

Após o mapeamento dos impactos ambientais da companhia, o PicPay ainda pretende acompanhar o desempenho climático da organização para verificar o impacto de novos projetos e atualizar o seu diagnóstico de emissões.

E aí, gostou da novidade? Então confira todas as novidades sobre o PicPay e o app!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 8

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados