Blog do PicPay: conteúdos sobre pagamentos, app e muito mais

O que são e como enviar mensagens privadas no app PicPay

Já pensou em fazer seus pagamentos e se comunicar em um único lugar? Com o aplicativo do PicPay, você pode fazer isso de forma segura e muito prática.

15 de dezembro de 2021 Atualizado em 13 de maio de 2022

A cada dia que passa buscamos apps que facilitem a nossa vida e nosso dia a dia, seja com uma experiência melhor ou com ferramentas otimizadas em um único lugar. O app PicPay faz isso.

Pensando nisso e na enorme adesão do brasileiro às redes sociais, o aplicativo do PicPay permite que os usuários enviem mensagens para outros contatos. 

Fazer um pagamento a um amigo ou dividir a conta com alguém fica muito mais simples com o serviço de mensagens do PicPay. A funcionalidade permite combinar um jantar e pagar no próprio app usando o saldo da sua conta digital ou cartão de crédito

Além de mensagens de texto, o aplicativo PicPay permite enviar fotos, vídeos e mensagens de voz no seu chat. 

As mensagens privadas dão formato de uma conversa, simples e organizada, às transações feitas no aplicativo. Além de interagir com amigos por mensagem privada, o usuário poderá acompanhar compras, solicitar uma troca ou devolução na própria conversa.

Com o lançamento da mensageria, o aplicativo do PicPay avança para se consolidar como um aplicativo Social+, com funcionalidades totalmente integradas aos serviços financeiros.

O diretor de Social do PicPay, Luiz Diniz, explica que agora o PicPay faz parte das conversas que ocorrem antes e depois de um pagamento. O chat em breve também deve beneficiar empresas parceiras, que oferecem produtos e serviços na plataforma. 

Utilizando a inteligência de dados para desenvolver um modelo próprio, o aplicativo vai permitir que os usuários encontrem com mais facilidade o que precisam e fará ofertas de forma mais assertiva, elevando a taxa de conversão.

A funcionalidade está disponível pelo ícone de mensagem disponível na tela inicial do aplicativo. Outras funcionalidades estão em desenvolvimento e as features serão incrementadas nas próximas semanas e meses.

Como mandar mensagem no aplicativo do PicPay?

Enviar e receber mensagens no aplicativo PicPay é muito simples. Basta tocar no ícone do balão no canto superior direito na tela inicial do app. 

Caso você queira iniciar uma mensagem, acesse o ícone do balão que tem um + no meio. Pronto! É só conversar. 

Lembre-se: sempre que você pagar ou transferir dinheiro para outra pessoa no aplicativo PicPay, você e a outra pessoa receberão uma mensagem automática dizendo que a transferência foi confirmada e concluída com sucesso. Depois, é só continuar o papo por ali mesmo. 

Caso você queira excluir a mensagem, basta tocar e segurar em cima da mensagem que enviou e escolher a opção Excluir. 

Assim como excluir, você também pode editar uma mensagem no aplicativo PicPay.  Você precisa tocar e segurar em cima da mensagem que deseja editar e selecionar a opção Editar. 

Também é possível silenciar as notificações de mensagens. Busque contato da pessoa, abra a conversa e acesse a área de Informações tocando no canto superior direito e desative a opção Habilitar Notificações. 

Feito isso você continuará recebendo as mensagens daquela pessoa, mas não vai mais receber as notificações.

E se mesmo assim você estiver incomodado, você pode bloquear para que a outra pessoa não envie mensagens. Busque o contato da pessoa que quer bloquear, abra a conversa e acesse a área de Informações, o ícone (i) no canto superior da tela, e toque em Bloquear conversa. 

O que as pessoas falam no chat do app PicPay?

Um levantamento realizado com usuários das mensagens privadas (chat) do aplicativo do PicPay revelou que 30,2% dos entrevistados já utilizaram a ferramenta. 

Entre os clientes que aderiram à funcionalidade, 80,4% usam as mensagens para falar sobre os seus pagamentos — entre eles, quase 30% usam para confirmar ou agradecer uma transação. 

Outros usuários também utilizam para comentar detalhes de uma transferência feita a outra pessoa, cobrar ou solicitar um pagamento e até combinar o valor a ser pago. 

Mas é interessante observar que cerca de 23% usam as mensagens privadas para conversar sobre outros assuntos em geral. Das pessoas que utilizam a solução, 88,3% avaliam o envio e recebimento de mensagens no aplicativo como ótimo ou bom. 

O número de usuários que utilizam a ferramenta todos os meses mais do que triplicou desde dezembro de 2021, atingindo três milhões em fevereiro deste ano.

Uso da DM para fazer negócios

Uma outra pesquisa do PicPay indica que dos mais de três milhões de usuários (pessoas físicas) que utilizam a mensageira mensalmente, 15%, ou seja, cerca de 450 mil, utilizam a ferramenta para fazer negócios.

Esses usuários não possuem conta específica para pessoa jurídica, mas usam a DM como ferramenta de negócios para assuntos variados: desde se comunicar com clientes, fazer novas vendas e até realizar o pós-venda de um produto ou serviço.

“As mensagens foram idealizadas para o nosso cliente pessoa física, mas foram apropriadas pelo pequeno empreendedor como uma ferramenta de relacionamento com o cliente. É um uso que se conecta inclusive com outras soluções que o PicPay já oferece ao público PJ, porque acaba se tornando uma porta de entrada.”

LUIZ DINIZ, DIRETOR DE SOCIAL DO PICPAY

Enviar mensagens pelo aplicativo PicPay é seguro?

A prioridade do PicPay continua sendo assegurar a privacidade dos usuários. Por isso, o app PicPay tem por trás um grande time de especialistas em segurança.

A integração de serviços financeiros em um aplicativo com DNA social, como o PicPay, permite que as mensagens no chat sigam padrões de segurança ainda mais altos do que mensagerias convencionais, com barreiras sólidas, equivalentes às de uma instituição financeira. 

Leia mais: Como fazer pagamentos seguros e evitar golpes financeiros

A sua conta no aplicativo do PicPay também é protegida por: senha para pagamento, autenticação por SMS, reconhecimento facial e digital. E você, usuário, também pode contar com a função Proteger Acesso localizado nas configurações do app.

Além disso, o PicPay é uma instituição financeira regulada pelo Banco Central e que por natureza precisa seguir diversos padrões e regras de segurança. 

Mas você também tem um papel fundamental para manter sua conta e seu app PicPay sempre seguros.

Por isso, confira as dicas para proteger o seu app PicPay:

  • Nunca passe sua senha ou número de segurança do cartão (CVV) para outras pessoas. 
  • O time do PicPay nunca pede essas informações em canais de atendimento ou redes sociais. Quando isso acontecer, desconfie e busque os canais oficiais.
  • Baixe o PicPay apenas nas lojas oficiais de aplicativos de seu celular.
  • A conta e os dados pessoais cadastrados são seus e de mais ninguém, por isso, não compartilhe essas informações. Toda conta do PicPay é pessoal e intransferível. 
  • Desconfie de links que chegam por mensagens estranhas. Nunca clique nesses links!
  • Escolha senhas fortes! Não é legal usar a sua data de aniversário como senha.
  • Não use a mesma senha para todas as suas contas
  • Ative a opção de dupla verificação no seu e-mail e redes sociais.

Entenda como o app PicPay gera efeito de rede

Nos últimos anos, o aplicativo PicPay vem consolidando a proposta de oferecer um ecossistema completo aos clientes. O app PicPay nasceu com o DNA de uma rede social, materializando relações que já existem no dia a dia. 

O feed, presente desde o lançamento do aplicativo do PicPay, é utilizado por 95% dos usuários e é muito semelhante ao das redes sociais que já estamos acostumados a usar. 

Essa integração entre serviços financeiros e redes sociais cria um efeito de rede capaz de potencializar todas as frentes do negócio. Ou seja, quanto mais pessoas utilizam o app PicPay, mais valor elas enxergam na utilização dele.

Isso acontece à medida que os usuários socialmente ativos têm uma retenção mais alta. Entre 2019 e 2020, eles revelaram uma chance 2,4 vezes maior de continuar usando o PicPay e movimentaram 53% mais do que os outros. 

A funcionalidade já faz parte do dia a dia dos usuários. Apenas em agosto, mais de 13,4 milhões de transações entre pessoas no aplicativo geraram mensagens privadas pelo chat.

Vale lembrar que o Brasil está entre os cinco países do mundo que mais usam internet, segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os dados apresentados pela OCDE mostram que 78,3% dos brasileiros estão conectados à internet.

Outro dado da consultoria App Annie sobre o uso de aplicativos em 2020 mostrou que as pessoas no Brasil passaram 3 horas e 45 minutos, em média, utilizando aplicativos (também conhecidos como apps) em 2019.

Os dados também foram divulgados pela Agência Brasil e apontam o Brasil na terceira colocação no ranking dos países em termos de tempo gasto em apps.

Leia mais: PicPay conquista 60 milhões de usuários no aplicativo

O país foi superado pela China, onde as pessoas utilizam aplicativos durante quase 4 horas, e a Indonésia, onde o tempo diário chegou a 4 horas e 40 minutos. Em seguida, vêm a Coreia do Sul (3h40) e Índia (3h30).

No recorte por idade, a chamada geração Z (nascida entre 1997 e 2012) passou 3 horas e 46 minutos por app por mês e teve 150 sessões por mês nos principais aplicativos.

O download anual de aplicativos cresceu 45% nos últimos três anos: saiu de 140 bilhões em 2016 para chegar a quase 204 bilhões em 2019.

No Brasil, esse aumento foi de 40%, atingindo cerca de 5 bi no ano passado. Entre as nações, o maior aumento no período foi da Índia: 190%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece de novidade no aplicativo do PicPay? Confira as novidades sobre a empresa e o app!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 9

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados