Contracheque INSS: o que é, como acessar e onde emitir

Entenda o que é o contracheque INSS, quais as informações presentes, onde você pode acessá-lo e como fazer a consulta online no portal ou app

7 de novembro de 2023

O contracheque INSS é um documento essencial para todos os aposentados, pensionistas e titulares de benefícios pagos pela Previdência Social.

Repleto de informações, o contracheque do INSS atualiza mensalmente os valores a serem recebidos, além dos descontos que incidem sobre o benefício.

Você sabe como encontrar o contracheque da aposentadoria? Conhece as informações que ele disponibiliza? 

Para te ajudar, preparamos um artigo completo sobre o contracheque INSS e um passo a passo detalhado para você acessá-lo.

O que é o contracheque INSS?

O contracheque INSS é o demonstrativo de pagamento do benefício previdenciário devido a aposentados, pensionistas e demais beneficiários.

É um documento que indica o valor a ser creditado em favor do titular, além de outras informações relevantes.

O contracheque do INSS tem, basicamente, o mesmo papel que o holerite nas relações de trabalho, pois é o meio de informar todos os créditos e débitos que compõem o valor final a ser pago.

A existência do contracheque atende a duas finalidades simultaneamente. De um lado, cumpre o dever de informação, ao indicar ao beneficiário tudo aquilo que ele tem a receber. Por outro lado, serve ao órgão pagador como arquivo para prestação de contas.

Em resumo, o contracheque INSS é um documento de suma importância que não pode ser negado ao titular do benefício e deve estar sempre à mão para auxiliar em momentos como a comprovação de renda, por exemplo.

Quem pode emitir o contracheque INSS?

Por tratar-se de um direito à informação, esse documento está disponível para todos os beneficiários do INSS.

Portanto, independentemente da categoria do benefício (aposentadoria, pensão, Benefício de Prestação Continuada, entre outros), o titular pode emitir o contracheque INSS.

E a boa notícia é que a emissão do contracheque é feita totalmente online, ou seja, você não precisa ir até uma agência de atendimento do INSS para solicitar e/ou retirar o documento.

Preciso pagar para ter o contracheque do INSS?

Não. A emissão do contracheque é um direito do beneficiário INSS, de maneira que qualquer cobrança para a disponibilização do documento é ilegal.

A informação de gratuidade, inclusive, consta da página oficial do órgão a respeito da emissão do extrato de pagamento.

Informações disponíveis no contracheque do INSS

O contracheque INSS, também chamado Histórico de Créditos, apresenta as principais informações a respeito do beneficiário, do benefício e dos valores (créditos e débitos) que compõem o valor total a ser pago ao titular.

Basicamente, o contracheque é dividido em quatro partes.

A primeira delas apresenta as informações pessoais sobre o beneficiário, como  o Número de Identificação do Trabalhador (NIT), CPF, data de nascimento, nome do beneficiário e nome da mãe.

A segunda parte trata especificamente de informações do benefício, como:

  • Número do benefício – NB;
  • Espécie;
  • Agência de Previdência Social – APS referência;
  • Informações sobre a Data de Início do Benefício (DIB); 
  • Data de Cessação do Benefício (DCB);
  • Data de Início do Pagamento (DIP); 
  • Valor bruto do benefício a ser pago, sob a rubrica mensalidade reajustada (MR).

Na terceira parte estão as informações sobre o pagamento a ser realizado. O valor líquido (com descontos); o período referência do pagamento; as datas de previsão e o local de pagamento. 

Por fim, na última parte, estão informações acerca de eventuais descontos que incidam sobre o valor bruto do benefício, apontadas conforme códigos de identificação, a exemplo dos empréstimos consignados.

Leia mais: Como funciona o empréstimo consignado INSS?

5 motivos para consultar o contracheque INSS

Percebeu a quantidade de informações que constam no contracheque do INSS? 

Esses dados são importantes para manter o titular do benefício informado sobre o que ocorre com seu pagamento, mas também podem servir para comprovar renda perante bancos e instituições financeiras, por exemplo.

Se você não tem o hábito de verificar seu histórico de créditos, confira cinco motivos para consultar o contracheque do INSS:

1. Saber o valor do benefício previdenciário

Uma das funções essenciais cumpridas pelo contracheque INSS é informar o valor do benefício previdenciário. 

E isso ocorre tanto na forma bruta, que leva em conta o valor-base, quanto na forma líquida, isto é, o valor que será efetivamente pago ao beneficiário.

O valor bruto é representado pela mensalidade reajustada (MR), no canto inferior direito da seção Créditos do Benefício. 

Já o valor líquido a ser pago está informado logo abaixo e é calculado após os descontos listados no contracheque.

Saber o valor do benefício previdenciário é essencial para manter as contas equilibradas, de modo a controlar as saídas financeiras a partir das entradas.

Leia mais: Como usar o PicPay como aplicativo para organizar as contas?

2. Checar os descontos na aposentadoria ou pensão

Informar-se sobre os descontos impede que fraudes, golpes financeiros ou até equívocos administrativos se prolonguem no tempo.

Leia mais: Golpe do INSS: como funcionam as fraudes contra beneficiários

O hábito de sempre checar os descontos na aposentadoria permite visualizar uma operação indevida logo em seu primeiro lançamento, o que reduz riscos de ter grandes prejuízos consideravelmente.

3. Conferir empréstimos consignados ativos

O controle das finanças pessoais requer pleno conhecimento sobre as despesas que são suportadas mensalmente. 

Uma forma de estar sempre atualizado nesse sentido é verificar o contracheque para conferir empréstimos consignados ativos.

O contato constante com as dívidas permite, ainda, analisar a conveniência e a oportunidade de reduzir de maneira considerável um gasto ou até quitá-lo, caso haja oportunidade.

Pode ser que sobre aquele dinheirinho no fim do ano e, ciente dos consignados ativos, você tem a opção de quitar algum dos contratos e desafogar parte do orçamento.

Leia mais: Tudo o que você precisa saber para quitar empréstimo consignado

4. Ver a margem consignável livre

Dentro das informações sobre os rendimentos do benefício consta a margem consignável livre. Esse é um dado importante, pois indica quanto da sua renda pode ser usada para pagamento de consignado.

Em outras palavras, a margem livre quer dizer que você pode contratar novos empréstimos, um cartão de crédito consignado ou cartão consignado de benefício.

Em um momento de necessidade de busca de crédito, por exemplo, a margem consignável é uma importante aliada, pois abre possibilidades de contratação de empréstimos mais baratas que as demais modalidades.

Leia mais: Como funciona o aumento de margem consignável?

5. Contratar empréstimo consignado

Imagine que você optou pela contratação de um empréstimo consignado, pois as condições são mais vantajosas que as várias linhas de crédito pessoal disponíveis no mercado.

Agora, saiba que para efetivar a consignação é preciso ter margem consignável livre.

Como você e a instituição terão essa informação? Simples, a partir do contracheque do INSS.

Sempre que você for contratar empréstimo consignado, deverá apresentar o contracheque para que a instituição possa verificar qual a sua margem consignável livre e qual o valor poderá ser disponibilizado.

Como tirar o contracheque do INSS?

Você já entendeu a importância do contracheque INSS e quais as vantagens em verificar o documento com frequência, mas pode estar se perguntando: como ter acesso a essas informações?

Não se preocupe! Tirar o contracheque do INSS é fácil e pode ser realizado totalmente online, sem precisar se dirigir a uma agência da previdência social, preencher formulários ou falar com atendente.

E para não ter erro, preparamos um passo a passo detalhado, confira:

1. App Meu INSS

Para acessar o extrato de pagamento do benefício, conhecido como contracheque do aposentado, pelo celular basta ter o app Meu INSS instalado.

Após realizar o login no aplicativo, com seu cadastro gov.br, clique sobre o menu (ao lado da saudação “Olá”), no canto superior esquerdo da tela. Depois, basta localizar a opção “Extrato de Pagamento do Benefício” e clicar em “Baixar PDF”.

Outra forma de localizar o contracheque é digitar “extrato de pagamento” no campo de busca “Do que você precisa?”.

2. Site Meu INSS

A emissão do contracheque aposentadoria também pode ser feita pela internet, por meio do site Meu INSS. O acesso também é feito com a conta gov.br.

Após o login, selecione a aba “Serviços”, na barra superior. Várias opções irão surgir, localize “Extratos, Certidões e Declarações”.

Uma nova lista irá se abrir. Basta localizar e clicar em “Extrato de Pagamento de Benefício”. Será possível visualizar pelo navegador ou baixar o arquivo em PDF.

Como imprimir o contracheque INSS?

A impressão do contracheque INSS pode ser feita a partir do arquivo baixado por meio da consulta realizada no aplicativo ou no site.

O arquivo tipo PDF estará disponível para ser enviado à impressora ou, se for o caso, enviado de maneira eletrônica a um destinatário, como, por exemplo, por e-mail. 

Você pode arquivá-lo em um local seguro ou deixar salvo no seu computador e/ou celular.

Nossa dica é não compartilhar este documento em canais não oficiais ou com pessoas não autorizadas, afinal, ele reúne informações muito importantes sobre o seu benefício, além dos seus dados pessoais, que podem ser utilizados para fraudes se caírem em mãos erradas.

Gostou deste conteúdo? Quer estar sempre informado sobre o tema? Então, acompanhe todas as dicas exclusivas e atualizações na editoria de planejamento financeiro do Blog do PicPay.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 10

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados