O que é extrato CNIS ou extrato previdenciário?

Entenda o que é extrato CNIS ou extrato previdenciário, aprenda a fazer a emissão, saiba porque ele é importante e veja quais as informações presentes no documento

1º de dezembro de 2023

O extrato CNIS é um resumo da vida do contribuinte previdenciário. Nele estão informações imprescindíveis para a previdência, como contribuições realizadas, valores, tempo de trabalho e tantos outros.

Com inúmeros dados valiosos, o extrato previdenciário se torna um documento de alta relevância para o planejamento financeiro e acompanhamento de reservas. 

Mas você sabe exatamente o que é o extrato previdenciário CNIS? E mais: sabe onde encontrá-lo e para que serve?

Neste artigo, explicamos tudo sobre este documento indispensável para qualquer pessoa que pretenda ter acesso a algum benefício previdenciário.

O que é CNIS

O CNIS é o Cadastro Nacional de Informações Sociais, que funciona como uma espécie de banco de dados previdenciários sobre vínculos e contribuições dos segurados do INSS.

É o CNIS que demonstra toda a relação entre beneficiário e órgão previdenciário, efetivada por meio das contribuições mensais realizadas ao longo do tempo.

Trata-se de um documento indispensável para fins de aposentadoria e outros benefícios previdenciários, pois faz prova de tempo de contribuição, valores, períodos de trabalho, entre outras informações relevantes.

Quem possui CNIS?

O extrato previdenciário CNIS é constituído por informações referentes às contribuições do segurado ao longo do tempo.

Desse modo,  toda pessoa com cadastro no CNIS tem acesso ao seu respectivo histórico de recolhimento previdenciário, materializado no extrato do CNIS.

Vale dizer que as relações de trabalho formal (com carteira assinada) e os recolhimentos sob espécies diversas de segurado, como o segurado facultativo, por exemplo, são aptos ao registro de informações no CNIS. 

Vínculo informal sem qualquer tipo de recolhimento ao sistema previdenciário não são registrados, de maneira que apenas aqueles que se relacionam formalmente com o INSS terão acesso ao extrato CNIS.

O que é extrato de contribuições CNIS?

Se, por um lado, o CNIS é o cadastro geral das informações previdenciárias de todos os segurados, de outro, o extrato de contribuições CNIS é a individualização dos registros de cada um dos contribuintes.

Dito de outra forma, o extrato CNIS é o documento que contém as informações a respeito das contribuições, enquanto o CNIS propriamente dito é o sistema que recebe, organiza e armazena essas informações.

Ao solicitar o extrato previdenciário CNIS, as informações disponibilizadas no documento serão as referentes apenas aos seus vínculos e contribuições, individualmente.

Quais são as informações do extrato CNIS?

Ao requerer a aposentadoria, por exemplo, você deverá fazer prova do seu tempo de contribuição. E para fins de cálculo do valor do benefício, é necessário informar ao órgão previdenciário a sua remuneração no período em que contribuiu.

Essa comprovação pode ser feita por meio do extrato CNIS, pois, além de conter todas as informações necessárias, é um documento expedido pela própria administração previdenciária.

Inclusive, vale citar que há três tipos extratos CNIS possíveis de serem analisados: com relações previdenciárias; com relações previdenciárias e remuneração; e de ano civil.

O primeiro, apresenta as relações previdenciárias do segurado. Na prática, são os vínculos empregatícios que deram origem às contribuições. 

Nesse extrato estão informações pessoais sobre o segurado, como o NIT, CPF, nome da mãe e data de nascimento.

Além disso, apresenta detalhadamente os vínculos mantidos ao longo do tempo: nome e código do empregador, tipo de filiado, data de início e fim do vínculo, e a competência da última remuneração.

O extrato CNIS com relações previdenciárias e remuneração é mais detalhado. 

Além das informações presentes no extrato de relações previdenciárias, este apresenta cada uma das remunerações e o respectivo período de recebimento.

Por fim, temos o extrato CNIS de ano civil, com informações agrupadas por ano, com detalhamento de competência, remuneração apurada, além das informações pessoais do segurado e do(s) empregador(es).

Onde tirar extrato CNIS?

Acessar o extrato CNIS é mais simples do que você pode imaginar. O beneficiário tem a opção de tirar o extrato diretamente pelo aplicativo ou fazer o pedido em uma agência de atendimento do INSS.

É verdade que a maior parte das informações presentes no extrato CNIS são encontradas também no contracheque ou holerite do trabalhador. 

Contudo, consultar diretamente o extrato previdenciário CNIS permite verificar se as contribuições estão sendo devidamente recolhidas e informadas ao INSS.

Portanto, saber onde tirar o extrato CNIS é imprescindível, pois com ele você terá a certeza de que suas informações previdenciárias são confiáveis.

A boa notícia é que para tirar o extrato CNIS não é necessário ir à uma agência de atendimento INSS. Tudo pode ser feito eletronicamente, sem precisar sair de casa.

Acompanhe o passo a passo de como fazer a emissão nos canais disponíveis.

Como tirar o extrato do CNIS pela internet

O acesso ao extrato previdenciário CNIS pode ser feito por meio do aplicativo ou pelo portal Meu INSS.

No aplicativo:

  • Acesse o aplicativo Meu INSS e faça o login com seus dados cadastrados no gov.br (CPF e senha);
  • Na tela que abrirá, encontre e clique sobre o ícone “Extrato de Contribuição (CNIS)”;
  • Na próxima tela aparecerá a lista de vínculos registrados no banco de dados, clique no botão “Baixar PDF”;
  • Em seguida, você deve selecionar qual dos tipos de extrato deseja: com relações previdenciárias, com relações previdenciárias e remunerações, ou de ano civil.

Depois de baixado o arquivo, você pode armazená-lo em algum dispositivo, enviá-lo por e-mail ou, ainda, se preferir, imprimi-lo.

Pelo portal Meu INSS, o acesso é praticamente o mesmo.

Na tela inicial, você terá que realizar o login com os dados cadastrados no sistema gov.br.

Caso não apareça a opção “Extrato de Contribuição (CNIS)” na tela inicial, você pode optar por utilizar a barra de busca. Digite “CNIS” no campo “Do que você precisa?” e selecione a primeira opção.

O passo a passo para baixar o extrato no portal Meu INSS é o mesmo utilizado no aplicativo.

Como tirar o extrato do CNIS presencialmente?

Outra opção para acessar o extrato CNIS é solicitá-lo diretamente em uma agência de atendimento do INSS, presencialmente.

Atente-se para a necessidade de prévio agendamento do atendimento.

Para marcar o serviço, o beneficiário pode ligar no telefone 135 ou fazê-lo pelo aplicativo Meu INSS, na opção “Novo Pedido”.

Por que é importante conferir o extrato CNIS?

Acompanhar o extrato CNIS é importante para o segurado, pois nele constam informações relevantes sobre as contribuições feitas ao longo da vida, que são exigidas durante a solicitação de um benefício previdenciário.

Para além disso, confira três motivos pelos quais você deve estar sempre atento ao seu histórico de contribuições.

1. Acompanhamento das contribuições

Em primeiro lugar, é preciso fazer referência às próprias contribuições previdenciárias, razão da existência do CNIS.

São as contribuições que viabilizarão, posteriormente, a concessão de benefícios previdenciários ao segurado, como a aposentadoria, por exemplo.

Desse modo, conferir o extrato CNIS regularmente permite verificar se as contribuições estão sendo efetivamente recolhidas e registradas pelo INSS, a fim de evitar problemas no futuro.

Eventualmente, alguma falha de sistema ou não recolhimento correto pelo empregador pode ser corrigido a tempo e impedir danos.

2. Aprovação do benefício

Como é possível imaginar, a partir do tópico anterior, ao requerer aposentadoria ou qualquer outro benefício previdenciário, o segurado deverá fazer prova do tempo de contribuição.

Esse período é um requisito para a concessão do benefício, de maneira que se não for comprovado o período mínimo, não haverá a aprovação.

3. Valor da aposentadoria

Outra importante informação que consta no extrato CNIS é sobre as remunerações recebidas durante o período de contribuição. É com base nelas que será calculado o valor da aposentadoria.

Portanto, esteja sempre de olho nas informações acerca da remuneração, de maneira a garantir que os recolhimentos estejam sendo realizados de acordo com o ganho.

Leia mais: Como funciona o reajuste do benefício INSS?

Dúvidas relacionadas

O acesso ao documento é simples e intuitivo, mas não é muito discutido e pode acabar gerando algumas dúvidas para quem está em contato com o tema pela primeira vez. 

Para te ajudar a compreender melhor o extrato previdenciário CNIS, separamos e respondemos às principais dúvidas sobre o documento.

Como fazer a consulta CNIS?

A consulta do extrato CNIS pode ser feita eletronicamente, por meio do aplicativo ou portal Meu INSS, ou diretamente em uma agência de atendimento do INSS

Basta clicar na aba de busca nas ferramentas digitais, ou levar sua documentação e solicitar o documento direto na agência.

Como atualizar o CNIS?

De forma semelhante à consulta do extrato previdenciário, a atualização do CNIS pode ser feita pela internet, no app ou site Meu INSS. Confira o tutorial:

  • Abra o aplicativo ou site Meu INSS e faça o login;
  • Na tela inicial, digite “atualizar”, no campo “Do que você precisa?”;
  • Selecione a opção “Atualizar Cadastro e/ou Benefício”;
  • Siga as próximas orientações que aparecerão na tela.

O extrato do CNIS é usado para o cálculo do benefício, portanto é fundamental que as informações estejam atualizadas.

Por meio do serviço de atualização do cadastro é possível ajustar dados pessoais (nome e data de nascimento, por exemplo) e dados de contato (como telefone e e-mail).

Para contribuintes individuais, facultativos, empregados domésticos e segurados especiais ainda incluir, alterar, reiniciar e excluir atividades profissionais realizadas.

Se surgir qualquer dúvida durante o processo, você pode entrar em contato com a Central de Atendimento, pelo número 135.

O que significa “comprovante das relações previdenciárias do interessado?” 

O comprovante das relações previdenciárias do interessado é o documento emitido para fins de comprovação das contribuições feitas ao INSS, também chamado de CNIS.

Quem nunca trabalhou com carteira assinada tem CNIS?

Depende. A existência do CNIS não está estritamente relacionada ao trabalho com carteira assinada.

Isso porque as contribuições previdenciárias podem ser prestadas sob outros títulos, como no caso do trabalhador avulso ou segurado facultativo, por exemplo.

Então, se você tem dúvida se possui o extrato CNIS, faça a consulta nos canais oficiais do INSS.

Tem como ver o CNIS pelo CPF?

Sim. Ao acessar o aplicativo ou o portal Meu INSS, o login deverá ser realizado com a conta gov.br, por meio do CPF e da senha cadastrada.

Como saber o tempo de contribuição do INSS pela internet?

Para saber o tempo de contribuição do INSS pela internet basta acessar o portal ou o aplicativo Meu INSS e realizar a consulta do extrato CNIS, que apresenta todas as contribuições realizadas pelo segurado.

Tem como tirar o extrato do CNIS pela internet?

Tirar o extrato CNIS pela internet é simples. O acesso pode ser feito pelo portal ou aplicativo Meu INSS. 

No campo de busca “Do que você precisa?”, digite “CNIS” e clique na opção que irá aparecer. Depois, basta salvar o PDF referente ao tipo de extrato desejado.

O acesso também pode ser feito ao clicar diretamente sobre o botão “Extrato de Contribuição (CNIS)” que aparecerá na tela, no campo “Outros Serviços”.

Pronto! Agora você já conhece melhor um documento que pode ser muito útil para acessar seus benefícios INSS, conferir as contribuições e garantir o suporte correto em momentos de vulnerabilidade.

Aproveite e confira outros conteúdos com dicas de planejamento financeiro e fique com o orçamento no verde.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 4

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados