Como investir dinheiro de maneira segura?

Quer saber como investir dinheiro? Conheça nosso passo a passo sobre como sair da poupança para um investimento financeiro seguro e que renda mais

7 de janeiro de 2022 Atualizado em 23 de junho de 2022

Como investir dinheiro? Essa pergunta costuma ser uma das primeiras para quem busca um planejamento financeiro pessoal eficiente. Economizar é a melhor forma de garantir sua segurança financeira, caso aconteça algum imprevisto, e contar com o rendimento dessa grana ajuda ainda mais nisso.

Segundo uma pesquisa EXAME/IDEIA, 33% dos brasileiros pretendem guardar dinheiro e fazer investimentos em 2022

Mas a visão sobre investimentos às vezes pode parecer meio distante ou complicada, né? Não precisa ser. Investir exige conhecimento, sem dúvida. Porém, existem opções seguras para fazer seu dinheiro render.

Afinal, um dos fatores mais importantes para ter finanças saudáveis é garantir uma reserva de emergência, que esteja guardada com segurança e acessível para qualquer problema.

Se o local onde você deposita essa quantia for bem escolhido, pode trazer rendimentos sem que você precise se preocupar com isso.

Por isso, além da segurança, é preciso pensar também em outros fatores, como a rentabilidade. O hábito de deixar o dinheiro guardado em casa, muito comum no passado e que ainda é a realidade de algumas pessoas, não é uma opção das mais recomendáveis. 

Além do risco de roubos, o dinheiro parado em casa deixa de render juros e o seu poder de compra é corroído pela inflação, que é o aumento generalizado dos preços. Não deixar que isso aconteça é um dos principais objetivos ao aprender sobre investimento financeiro.

Outra maneira comum de guardar dinheiro é a poupança. Mas você deve saber que há muito tempo deixou de ser uma opção vantajosa. 

Embora ganhe pontos no quesito segurança e seja isenta de Imposto de Renda, ela tem um rendimento baixo, incapaz de repor as perdas inflacionárias. Além disso, já existem outros investimentos tão seguros quanto ela.

Leia mais: Quer investir no PicPay? Conheça o Clube de Empréstimos

Como investir dinheiro sem abrir mão da segurança?

Aprender a investir dinheiro é uma decisão importante e deve ser bem pensada. Existem inúmeros tipos de investimentos disponíveis no mercado. O mais importante é saber que cada um deles é adequado a um objetivo e perfil do investidor. 

No entanto, há uma forma simples e prática de resolver isso e saber qual produto é o mais indicado para você. Para começar, o investidor precisa conhecer as modalidades existentes, descobrir qual é o seu perfil de investidor e definir os seus objetivos. 

Então, está decidido a começar a investir? Confira abaixo seis dicas práticas para iniciar agora!

Defina suas metas

Antes de começar a pesquisar como investir seu dinheiro, você precisa definir seus objetivos de forma clara. Conheça os mais comuns revelados pela pesquisa EXAME/IDEIA, e que podem servir de inspiração:

  • Comprar o primeiro imóvel;
  • Viajar;
  • Investir em cursos de formação profissional;
  • Comprar um carro;
  • E trocar de casa.

Mas você também pode começar com objetivos menores, que serão alcançados mais rápido e podem renovar o ânimo para continuar a poupar e investir. Um exemplo pode ser comprar uma roupa que você está paquerando há algum tempo!

Afinal, qual a importância de saber o que você quer alcançar? É que cada objetivo demanda um montante de dinheiro específico e um período de tempo diferente para ser alcançado.

Dessa forma, saber o que se pretende alcançar pode ajudar a tornar mais fácil o processo de escolha da modalidade de investimento ideal.

Leia mais: Como parcelar boleto sem perder o controle das finanças

Como definir metas alcançáveis?

Isso é fundamental para investir bem. Uma boa forma de começar é pensar em algo que você vai saber quando alcançar. Se você tiver como meta “me aposentar com qualidade”, esse conceito pode ser bem amplo.

Nesse caso, o ideal seria calcular um valor de renda que possa te manter na sua aposentadoria de acordo com a estimativa do seu custo de vida lá na frente. Assim, você pode se programar para poupar essa quantia durante os anos até a sua aposentadoria.

Por isso, as metas devem ser definidas de forma objetiva e você deve ter um prazo para alcançá-las.

Vale lembrar: tenha cuidado para não ser ousado demais na hora de definir seus objetivos e comprometer muito da sua renda, por exemplo. É muito importante não colocar sua saúde financeira em risco e gerar frustrações, que podem te desanimar para investir mais.

E o que fazer depois de definir as metas? É o momento de alinhá-las com o seu planejamento financeiro e com seu plano de investimento. É isso que vai te ajudar a ter um maior controle financeiro de todo valor que entra e sai do seu bolso. 

Dessa maneira, você consegue entender as prioridades das suas finanças pessoais e se manter em um caminho sustentável.

Descubra qual é o seu perfil de investidor

Como você já sabe, cada tipo de investimento é adequado a um tipo de investidor, de acordo com seu perfil e seus objetivos. 

Por isso, um passo fundamental para saber como investir dinheiro é descobrir qual é o seu perfil de investidor. Veja os principais abaixo:

  • Conservador: prefere priorizar riscos menores e uma rentabilidade previsível;
  • Moderador: prefere correr um pouco mais de riscos em troca de retornos maiores;
  • Agressivo: está disposto a correr mais riscos, em troca de ganhos que podem ser muito maiores em menos tempo.

Investimento para iniciantes

Conhecer mais sobre finanças e o mundo dos investimentos é muito importante para tomar as melhores decisões. Buscar conhecimento é a melhor forma de fazer isso! Confira algumas dicas:

  • Inscreva-se em cursos presenciais ou até mesmo online sobre o tema;
  • Participe de palestras e workshops de finanças;
  • Ler livros e revistas que falem sobre o assunto.

Depois de se munir de informações, você ainda pode aproveitar os recursos da internet e acessar ferramentas gratuitas, como simuladores de investimento online.

Eles podem te auxiliar na hora de testar estratégias para o seu dinheiro e entender como funciona o mercado na prática.

Conheça as formas de investimento financeiro

CDI

O CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, é uma taxa que determina o rendimento anual de diversos tipos de investimentos financeiros. Portanto, entender quanto rende o CDI é importante na hora de escolher o melhor lugar para deixar o seu dinheiro rendendo.

Leia mais: Quanto rende 20 reais no PicPay ou valores superiores?

Por determinação do Banco Central, os bancos devem fechar o dia com saldo positivo, mas nem sempre isso acontece naturalmente. Nesse caso, a instituição financeira realiza um empréstimo para cobrir a diferença e ficar no azul.

Em qualquer empréstimo, é cobrada uma taxa de juros, certo? No caso dos bancos, não é diferente. 

As instituições financeiras também pagam juros que, nesse caso, são definidos pela taxa do CDI. Portanto, o CDI é uma taxa que reflete quanto os bancos estão ganhando de juros por emprestar dinheiro para outros bancos.

Quanto rende o CDI no PicPay?

Como investir no PicPay? Com o retorno de até 102% do CDI, o PicPay rende mais que a poupança, além de superar os CDBs de bancos digitais.

O rendimento da carteira digital do PicPay passou a ser de até 102% do CDI em fevereiro de 2022. Esse retorno é influenciado também pela Selic, taxa básica de juros da economia. Quanto mais a Selic sobe, maior tende a ser o rendimento do CDI.

Mas como funciona o CDI do PicPay? Para saber como aplicar no PicPay, é simples: basta ter saldo na carteira digital do aplicativo. Assim, seu dinheiro já começa a render, sem precisar contratar nenhum produto: é muito simples, fácil e rápido.

Ah, e o retorno é diário, não é preciso esperar o final do mês para receber os rendimentos. E você pode movimentar sua grana quando quiser.

O retorno ainda é garantido pelo PicPay e conta com a segurança do Tesouro. O PicPay mantém 100% do saldo dos seus usuários investidos em títulos públicos federais ou recolhidos no Banco Central.

Com essa regulamentação, a segurança do dinheiro depositado por quem busca como investir no PicPay está garantida.

O CDI é seguro?

Os investimentos em renda fixa são considerados, por muitos investidores, os mais conservadores disponíveis no mercado. Isso porque são muito seguros. Alguns deles são tão seguros ou até mais que a famosa poupança. 

O motivo para isso acontecer é que eles possuem a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para valores de até R$ 250 mil investidos. Ou seja, caso a instituição financeira em que você deixou seu dinheiro venha a ter problemas, você não perde o dinheiro investido.

CDB

Os Certificados de Depósito Bancário são considerados investimentos de baixo risco. 

De forma simples, você empresta dinheiro para o banco, que emite o documento e pode ser uma ótima opção de investimento para quem está começando a aprender a  investir.

Para resgatar o investimento CDB sem perdas financeiras, é preciso aguardar seu vencimento. Além disso, o produto também está sujeito ao Imposto de Renda.

Leia mais: Cartão de crédito sem anuidade: conheça o PicPay Card

Tesouro Direto

O Tesouro Direto apresenta uma rentabilidade maior do que a caderneta de poupança e é outra alternativa para quem quer investir de forma segura.

Ao comprar títulos públicos, você empresta dinheiro ao governo federal, que utiliza esses recursos para pagar dívidas e realizar investimentos. 

Por ser considerada uma opção de baixíssimo risco, a compra de títulos públicos pode ser feita diretamente no site do Tesouro Direto, por qualquer pessoa. Há três tipos de título no Tesouro:  

  • Tesouro Selic: é um pós-fixado, que pagará a taxa de juros Selic referente ao dia de seu vencimento. Costuma ser ideal para projetos financeiros de curto prazo;  
  • Tesouro Prefixado: a taxa de juros do rendimento do título é determinada no momento da compra do título, com ou sem pagamentos semestrais;  
  • Tesouro IPCA: este título paga ao investidor um juro fixo mais a variação da inflação medida pelo IPCA. Pode ter ou não pagamentos semestrais. 

Assim como o CDB, os títulos públicos também estão sujeitos à tributação do Imposto de Renda. 

Agora, caso você queira recuperar o dinheiro, é possível vender os títulos antes do vencimento sem prejuízos. Saiba, contudo, que o mais indicado é guardar os títulos até o final.

Fundos de investimento

Os fundos de investimento funcionam como uma associação de pessoas para fazer um investimento. Eles são gerenciados por um profissional, o gestor do fundo. Os investidores compram cotas desse investimento e, assim, passam a fazer parte desse fundo. 

Um ponto importante para estar atento é a taxa de administração, que pode comprometer boa parte da rentabilidade.

Existem diversas opções de fundos de investimento. As mais indicadas para quem procura guardar dinheiro com segurança são as de renda fixa.

Previdência Privada

A previdência privada pode ser uma boa opção para quem pretende guardar dinheiro pensando em longo prazo. Existem dois tipos, que diferem na declaração de Imposto de Renda. Ambas consideradas de baixo risco. 

No PGBL, a incidência do Imposto de Renda ocorre em sua totalidade no momento do resgate, o que torna a opção mais interessante para quem faz a declaração completa do IR. 

Agora o VGBL, por sua vez, é mais vantajoso para quem utiliza o modelo simplificado, já que o imposto incide apenas sobre o rendimento. Essa escolha deve levar em conta o impacto da taxa de administração sobre a rentabilidade, viu?

Mercado de ações

Investir no mercado de ações é uma forma de aplicação do seu dinheiro mais arriscada, já que envolve oscilações. 

Comprar uma ação significa, de forma simples, ser sócio de uma empresa. Então pense bem: você só investiria em uma companhia se estivesse muito seguro de que ela está indo bem e deve se manter assim, certo? É por isso que as ações são consideradas um investimento de longo prazo. 

Para ter segurança nesse tipo de aplicação, é importante que o investidor entenda sobre o negócio da companhia profundamente, além de estar atento ao momento do mercado e do setor. 

Seja disciplinado com a economia de dinheiro

Depois de entender seus objetivos e definir sua estratégia de investimento, é importante ter disciplina para poupar dinheiro e poder investi-lo. Ter suas metas em um local sempre à vista pode ajudar nisso.

Tenha paciência para ver os resultados

Outra dica é evitar trocar de estratégia para os seus investimentos com muita frequência. Isso pode comprometer a sua rentabilidade futura. Tenha paciência! Caso precise que o dinheiro esteja disponível, busque formas de rentabilizar seu dinheiro como o CDI do PicPay.

Aprender como investir dinheiro exige dedicação para adquirir o máximo de conhecimento possível, mas não precisa ser difícil. Procure por alternativas que facilitem sua vida financeira e ofereçam a segurança que você busca.

O PicPay rende mais que a poupança e oferece uma ótima opção de rendimento para quem quer simplicidade e bons retornos sem complicação.

Quer saber mais sobre como cuidar do seu dinheiro? Confira nossos conteúdos sobre finanças!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 8

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados