Como encontrar a menor taxa de juros para empréstimo consignado?

Saiba qual a menor taxa de juros para empréstimo consignado, fatores que impactam o cálculo e o que conferir antes de assinar o contrato

2 de agosto de 2023 Atualizado em 25 de janeiro de 2024

A busca pela menor taxa de juros para empréstimo consignado faz parte da jornada de crédito consciente, ao possibilitar o acesso à solução financeira com o menor impacto possível no bolso.

Atualmente, há dezenas de instituições financeiras autorizadas a oferecer a modalidade de consignado. A boa notícia é que existem ferramentas e estratégias que facilitam a pesquisa.

Saiba quais são elas e o que está por trás da taxa de juros, como ela é determinada, quais são os fatores que a impactam e elementos que demandam atenção para acertar na escolha do empréstimo.

Como funcionam os juros do empréstimo consignado? 

A taxa de juros do empréstimo consignado é uma das menores do mercado de crédito. Não à toa, a modalidade atrai interessados todos os anos, tanto para empréstimo, como para o cartão de crédito consignado.

O motivo por trás do custo mais baixo é o pagamento automático das parcelas via desconto em folha, antes do benefício ou pagamento cair na conta, o que torna a concessão de crédito mais segura para a instituição financeira.

Com isso, a probabilidade de inadimplência ou atrasos cai consideravelmente, pois o valor fica reservado todo mês e é repassado diretamente da fonte pagadora para o banco. 

A garantia de pagamento também dispensa algumas etapas da análise de crédito, como a consulta ao SPC e Serasa, score e histórico financeiro do tomador, de modo que pessoas negativadas também possam seguir com a contratação.

Quais fatores influenciam no aumento e queda dos juros?

As flutuações do mercado financeiro costumam gerar muitas dúvidas nos consumidores, já que diferentes fatores podem aumentar ou diminuir as taxas de juros, como alterações do mercado mundial, crises e catástrofes.

De forma simplificada, podemos distribuir os fatores de influência em quatro grandes grupos: decisões do Banco Central, histórico do tomador, políticas internas das instituições financeiras e as movimentações do mercado.

Um dos fatores mais influentes é a taxa Selic, por exemplo, determinada pelo Banco Central. Saiba mais:

Selic

A taxa básica de juros da economia é popularmente conhecida como Selic, a sigla para Sistema Especial de Liquidação e de Custódia e é administrada pelo Banco Central, onde são negociados títulos públicos federais. 

Na prática, a Selic é usada como referência nas demais taxas de juros das operações financeiras, sejam as aplicadas nos empréstimos, investimentos e financiamentos.

Logo, a taxa de juros do empréstimo consignado acompanha as alterações na Selic. Quando a taxa básica diminui, os juros do consignado também ficam menores e vice-versa.

Alterações nas normas

Outro ponto que afeta diretamente a determinação dos juros do empréstimo consignado são as normas e determinações legais. 

Como falamos anteriormente, o crédito consignado possui algumas particularidades, como o desconto automático em folha e o teto de juros. 

Desta forma, todas as instituições financeiras autorizadas a oferecer a modalidade devem se atentar para o limite legal estabelecido pelo órgão responsável. 

No caso do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas, por exemplo, o teto é determinado pelo INSS, após recomendação do CNPS.

Enquanto que no consignado para servidores, o limite é escolhido pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos.

Inclusive, a análise e normatização do teto também tem como fator determinante a Selic, além de políticas públicas e alterações de mercado.

Política interna dos bancos

Mesmo com limite legal e o embasamento na Selic, as instituições podem estabelecer taxas de juros de acordo com a sua política interna a partir dos custos operacionais, o lucro e as despesas relacionadas à operação.

É isso que justifica a larga variação no mercado de consignado. No portal do Banco Central do Brasil, podemos verificar juros de crédito pessoal consignado público desde 1,48% até o teto para a categoria. 

A política interna dos bancos é um dos fatores mais relevantes a ser analisado na procura pela menor taxa de juros para empréstimo consignado.

Qual é a taxa de juros do empréstimo consignado?

Depois de conhecer os principais fatores que impactam na determinação da taxa de juros do crédito consignado, é natural que você esteja se perguntando quais são os valores atuais.

A taxa de juros do consignado varia conforme a política interna dos bancos até o limite legal. 

Isso significa que, dentro deste intervalo, as instituições financeiras podem estabelecer a porcentagem que melhor se adeque a sua estratégia econômica.

No cálculo, geralmente itens como os custos da operação financeira, riscos, prazo, Selic, variações de mercado, concorrência e interesses da própria instituição são levados em conta.

Confira qual é o limite das principais categorias do consignado.

Teto de juros do consignado para servidor federal

Um dos grupos que pode fazer empréstimo consignado é o de servidores públicos federais (consignado público). 

Com exceção dos cargos comissionados, estagiários, terceirizados e temporários, as demais categorias atendem ao requisito básico do consignado, que é a renda estável.

O que lhes permite, portanto, acessar todas as vantagens da modalidade e as menores taxas para empréstimo consignado. 

Nenhum banco pode estabelecer juros acima do teto para servidor público federal, fixado em 1,80% ao mês.

Leia mais: Empréstimo para servidor público: descubra 10 vantagens e onde fazer

Teto de juros do consignado INSS

Apesar de estarmos falando sobre a mesma modalidade de crédito, o teto de juros do consignado não é o mesmo para todas as categorias elegíveis. 

Um dos motivos é que, por não se tratar do mesmo público, as instituições responsáveis pela sua determinação não são as mesmas.

Já no consignado para aposentados e pensionistas, quem estipula esse valor é o INSS.

Porém, recentemente houve um embate entre o teto de juros determinado e os interesses das instituições financeiras. Nesse cenário, podemos concluir que o mercado também é um guia importante para estas definições.

O teto de juros atual do consignado INSS está estabelecido em 1,76% ao mês para empréstimo e 2,61% para cartão de crédito consignado e cartão consignado de benefício.

É importante lembrar que tanto as taxas dos servidores, quanto as dos aposentados e pensionistas do INSS, podem se alterar para mais ou para menos , a depender do período ou de circunstâncias extremas, como crises.

Como encontrar a menor taxa de juros para empréstimo consignado?

É comum que você encontre ofertas com custos muito diferentes ao fazer a pesquisa sobre a menor taxa de juros para empréstimo consignado. 

Para evitar erros na hora de contratar, o ideal é fazer uma pesquisa detalhada sobre todos os requisitos, benefícios e condições de cada instituição financeira de interesse.

Algumas ferramentas podem ajudar nesse momento, com informações sobre  a taxa média e detalhes sobre as condições da oferta escolhida.

Veja abaixo algumas das principais formas de encontrar a menor taxa de juros para empréstimo consignado.

Sites das instituições financeiras

A primeira opção é verificar diretamente nos portais oficiais das instituições financeiras, como sites e aplicativos. 

Em algumas, é possível realizar uma simulação, a partir dos seus dados pessoais, número de parcelas e valor total esperado.

Há também a possibilidade de consultar a informação de maneira mais geral, por meio de informativos e publicações da instituição.

Site do Banco Central

Outra opção muito interessante para quem quer comparar e escolher a menor taxa de juros do empréstimo consignado é acessar o site do Banco Central. 

Além de encontrar todas as informações relacionadas ao tema, o portal conta com uma página com o relatório das taxas de juros de diversas modalidades de crédito, especificando o valor e a instituição financeira.

É possível reduzir as taxas de juros do empréstimo consignado?

Contratou empréstimo consignado e se deparou com taxas mais atrativas? 

Saiba que não é obrigatório se manter atrelado ao contrato até o final do prazo, pois existem alternativas para conseguir menores taxas de juros de empréstimo consignado. Confira duas delas abaixo.

Portabilidade de crédito

A portabilidade de crédito é a transferência do consignado de um banco para outro, com condições melhores. 

Para isso, o devedor pode contatar uma instituição credora nova, com melhores condições e solicitar a portabilidade do contrato. Em outras palavras, é como se o novo banco “comprasse” a dívida da instituição original, tornando-se o novo credor.

Vale citar, no entanto, que é preciso atender aos requisitos da nova instituição, especialmente no que diz respeito à porcentagem mínima que deve ter sido paga do contrato para fazer a transferência.

Normalmente os bancos pedem que de 20% a 30% do contrato já tenha sido quitado

Refinanciamento

Outra opção para conquistar condições melhores é o refinanciamento. Neste caso, você permanece devedor do mesmo banco e faz alterações em um contrato já existente.

É possível manter o prazo inicial, mas diminuir o valor das parcelas ou sair com troco, assim como na portabilidade.

Juros do consignado X Custo Efetivo Total

Durante este artigo, mostramos as principais informações relacionadas aos juros do consignado. Mas você sabia que o custo do empréstimo não é determinado exclusivamente por esta porcentagem?

A taxa de juros é, sem dúvidas, um valor a se considerar no momento de contratar o empréstimo consignado. Entretanto, existem outras taxas, despesas e encargos que formam o Custo Efetivo Total da dívida, isto é, o valor final devido ao banco. 

Esta informação deve estar presente de maneira clara e objetiva na oferta do empréstimo. É um dever da instituição financeira compartilhar todos os valores que serão cobrados do tomador antes da assinatura do contrato.

De certo modo, podemos afirmar que a menor taxa de juros do consignado não necessariamente é a oferta mais barata, pois os juros são apenas uma parte do Custo Efetivo Total, que envolve a soma de todas as cobranças do contrato.

Para realizar a melhor escolha, é indispensável analisar todas as cobranças inseridas no contrato. Inclusive, esta é uma vantagem ao utilizar um simulador completo e seguro como o do PicPay.

Taxa de juros do empréstimo consignado no PicPay 

Aposentados e pensionistas do INSS e servidores federais podem contratar consignado no PicPay, por meio da BX Blue, marketplace de empréstimo consignado que foi recém-comprada. Simule gratuitamente aqui.

Com o PicPay, você pode contratar consignado INSS com uma taxa de juros até 10% mais baixa que a média do mercado

Empréstimo consignado no PicPay

Além de acessar as melhores ofertas, o usuário que contrata empréstimo consignado no PicPay tem uma série de outras vantagens, como fazer a simulação totalmente gratuita e a contratação 100% online.

Para isso basta abrir o aplicativo, acessar a aba de “Empréstimos”, escolher a categoria (INSS ou SIAPE), preencher o formulário do simulador e enviar o comprovante de pagamento mais recente.

Abra o app e garanta todas as vantagens do empréstimo consignado para a sua categoria.

Aproveite e acesse outros conteúdos com dicas exclusivas para o seu bolso.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 8

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados