Cartão por aproximação é seguro para fazer pagamentos?

Entenda se seu cartão por aproximação é seguro para usar no dia a dia e confira dicas para se proteger de fraudes e golpes na hora de pagar

10 de junho de 2022 Atualizado em 1º de fevereiro de 2023

“É por aproximação?”. Essa é uma pergunta muito comum em qualquer venda por cartão de crédito ou débito hoje em dia. Mas você já se perguntou se cartão por aproximação é seguro?

Como essa forma de pagamento tem ficado cada vez mais popular, muitas pessoas se questionam sobre a segurança que ela oferece.

E não é por acaso. Ouvimos muitas histórias por aí sobre um suposto golpe do cartão por aproximação.

Ficar com o pé atrás, com medo de golpes financeiros, é bem normal e nos leva a buscar mais informações.

Nessas horas, se inteirar sobre o assunto é a melhor coisa que você pode fazer.

Por isso, quer entender se cartão de crédito por aproximação é seguro? Vamos esclarecer tudo sobre isso!

Cartão por aproximação é seguro?

Sim, pagamento por aproximação é seguro. Quando você paga dessa forma, seus dados pessoais ficam protegidos por criptografia durante o processo.

O pagamento com cartão contactless, como também é chamada a aproximação, acontece a partir da aproximação do cartão e da maquininha, que precisam estar a 4 centímetros ou menos de distância.

Leia mais: Pagamento por aproximação com cartão: como funciona?

O que acontece depois de aproximar o cartão da maquininha é que as informações necessárias são compartilhadas via ondas de rádio entre o cartão e o terminal, e tudo de forma criptografada.

A criptografia transforma suas informações em uma espécie de código que não pode ser acessado facilmente, o que aumenta a segurança das transações por aproximação.

Portanto, a pequena distância entre a maquininha e o plástico na hora do pagamento e as informações criptografadas são os principais fatores que asseguram que cartão de crédito por aproximação é seguro.

À medida que seus dados ficam protegidos o tempo todo por criptografia, não há chance de clonagem do cartão durante o pagamento, por exemplo.

Tudo isso é graças à tecnologia NFC, que permite a troca de dados entre dois dispositivos que possuem a tecnologia, por meio de indução magnética. 

Para ficar mais claro, é possível traçar um paralelo com o Bluetooth, que permite o compartilhamento de dados e o emparelhamento entre aparelhos que estão perto um do outro.

É possível fazer pagamentos por aproximação tanto com cartão de crédito quanto de débito, usando algum cartão físico que conte com a tecnologia NFC ou com cartões cadastrados em carteiras digitais pelo telefone ou até pulseira inteligente.

Ou seja, do ponto de vista tecnológico, o cartão por aproximação é seguro. No decorrer deste texto, vamos abordar mais aspectos a respeito da segurança desse tipo de pagamento.

E o golpe do cartão por aproximação?

Você já ouviu falar sobre uma história de um suposto golpe com o cartão por aproximação?

Existe uma grande preocupação com pagamentos acidentais ou até mesmo fraudes que se valem da tecnologia contactless.

A preocupação é que alguém aproxime uma maquininha bem perto do seu bolso ou bolsa, onde deve estar sua carteira, e o pagamento aconteça sem que você perceba, seja de forma acidental ou por ação de alguém mal-intencionado.

No entanto, isso é muito improvável. Para que o pagamento por aproximação ocorra, o cartão precisa estar a uma distância de 4 centímetros ou menos da máquina. Ou seja, é bem perto mesmo, reduzindo o risco.

Outro ponto importante é que existe um valor limite de R$ 200 para pagamentos por aproximação. Quando a aquisição for mais cara, será preciso digitar a senha para confirmar a compra.

Mesmo que as transações só ocorram com uma distância máxima de 4 centímetros, o Procon de São Paulo já alertou sobre essa prática, principalmente em eventos com multidão.

Em contrapartida, a Abecs, associação que representa o setor de meios eletrônicos de pagamento, afirma que não tem qualquer registro desse tipo de golpe.

“O pagamento por aproximação é uma tecnologia segura, adotada em diversos locais do mundo, com os mesmos parâmetros de segurança exigidos no Brasil.”

Abecs

Novo golpe bloqueia pagamento por aproximação

Já no começo de 2023, a Kaspersky, empresa especializada em softwares de segurança, identificou um golpe capaz de bloquear pagamentos por aproximação em estabelecimentos.

Funciona assim: golpistas lançaram um malware (uma espécie de vírus ou programa malicioso) que impede o pagamento por aproximação, forçando o cliente a inserir o cartão na maquininha para fazer a compra.

Quando o cliente tenta pagar sem contato, a maquininha mostra uma mensagem similar a essa: “ERRO APROXIMAÇÃO INSIRA O CARTÃO”. Mas o texto pode mudar em outras versões do malware.

Ao inserir o cartão na maquininha, o pagamento deixa de ser por aproximação e não conta mais com dados criptografados. Assim, as informações do dono do cartão ficam mais suscetíveis a serem capturadas pelos criminosos.

Segundo a Kaspersky, o vírus é atribuído ao chamado “grupo Prilex”, especializado em fraudes com cartões de crédito e débito.

Cuidados no pagamento por aproximação

Qualquer meio de pagamento envolve riscos. Ainda que não existam pesquisas que falam sobre golpes com cartões por aproximação, você já deve ter ouvido falar sobre casos, certo? 

Assim como você está sujeito a perder algum dinheiro físico que esteja na sua carteira caso ela caia do seu bolso ou seja roubada, isso também pode ocorrer com o cartão por aproximação.

A vantagem dos cartões contactless é que você pode desativar a função de aproximar momentaneamente, e depois reativá-la. Por exemplo, se você vai ao Carnaval e quer se sentir mais seguro, pode ir com a aproximação desativada.

Vamos falar sobre esse e mais alguns cuidados que você deve ter para fazer pagamentos seguros e usar seu cartão por aproximação com tranquilidade.

Atenção na hora de pagar

Sempre confira o valor do pagamento na tela da máquina antes de aproximar ou inserir seu cartão. Essa é uma dica muito importante!

Existem golpistas que inserem na maquininha um valor acima do combinado no momento do pagamento, contando com a desatenção do cliente na hora de pagar. 

Quando abordamos por aqui os golpes financeiros mais comuns do Brasil, falamos também sobre o golpe do visor da maquininha adulterado. Vale a pena conferir como funciona esse crime e as dicas para se proteger no post especial.

Ative as notificações do seu banco

Se você tiver as notificações sobre novos pagamentos feitos no seu app do banco ativadas, vai receber um aviso assim que alguma nova transação acontecer.

Se não reconhecer alguma compra feita, entre em contato imediatamente com a sua instituição financeira, beleza? 

Confira a fatura do cartão de crédito

Uma boa prática é sempre ficar de olho na fatura do cartão de crédito. Se notar alguma compra que não foi feita por você, avise assim que possível ao seu banco.

Além de ser uma dica de educação financeira, ficar de olho na fatura pode prevenir sustos na hora de pagar a conta.

Ajuste seu limite

Se você não costuma usar grande parte do seu limite do cartão de crédito todo mês, pode ajustá-lo e deixar liberado só o valor que é realmente necessário.

Por exemplo: se seu limite é de R$ 2 mil e você costuma gastar cerca de R$ 1 mil no cartão de crédito, pode ir até o app do seu banco ou internet banking e pedir que apenas R$ 1 mil fiquem disponíveis. 

Isso não elimina o limite restante e você pode reajustá-lo quando quiser, mas pode ser uma forma de te deixar com mais tranquilidade.

Use uma capa para bloquear o sinal de aproximação

Guardar o seu cartão em locais seguros e, se for o caso, usar uma capinha que bloqueie o sinal de aproximação também podem ser boas estratégias.

Em geral, essas capas usam um material metálico para bloquear o contactless do seu cartão.

Desative a aproximação em grandes multidões

Vai para algum lugar muito movimentado e quer se sentir mais seguro? Você pode desativar temporariamente a função contactless do seu cartão.

Confira nosso conteúdo sobre como desativar pagamento por aproximação do cartão de crédito para saber mais!

Perdeu o cartão ou foi roubado? Faça o bloqueio imediato

Se você perder ou tiver o seu cartão roubado, faça o bloqueio dele imediatamente. Isso vai impedir que outras pessoas realizem transações com ele.

Confira abaixo como fazer o bloqueio do seu cartão por aproximação.

O que fazer se perder um cartão contactless? 

Como a tecnologia NFC permite pagamentos de baixos valores sem exigência de senha, é essencial que você aja com rapidez caso perca o cartão ou seja roubado. 

Leia mais: Cartão de crédito perdido ou roubado: o que fazer?

Procure o quanto antes a sua instituição financeira para fazer o bloqueio do cartão

O procedimento pode variar de acordo com cada instituição, mas em alguns casos é possível fazer pelo próprio app ou internet banking do banco.

No caso do PicPay Card, você precisa seguir os passos abaixo:

Perdi ou roubaram meu PicPay Card Crédito

  • Abra o aplicativo do PicPay e entre na sua carteira;
  • Na aba “Meus cartões”, selecione o seu PicPay Card;
  • Vá em “Mais opções”;
  • Toque em “Pedir segunda via do cartão”;
  • Escolha entre as opções “Perdi meu cartão” ou “Meu cartão foi roubado”.

Logo após esse procedimento, o seu cartão será automaticamente bloqueado. Enquanto isso, você pode continuar usando o cartão virtual para fazer compras online.

Perdi ou roubaram meu PicPay Card Débito

  • Abra o aplicativo do PicPay;
  • Toque na sua foto, que fica na parte de cima da tela;
  • Vá até a seção “PicPay Card” e selecione “Configuração do cartão”;
  • Escolha o motivo do bloqueio e toque em “Confirmar”;
  • Pronto, seu cartão será bloqueado automaticamente.

Caso você precise entrar em contato com o PicPay, existem dois canais de atendimento: telefone ou chat.

O primeiro é o SAC do PicPay, disponível pelo telefone, no número: 0800 025 8000.

O segundo é o chat do PicPay, que funciona dentro do próprio aplicativo. Os passos são simples:

  • Abra o app;
  • Toque na sua foto de perfil;
  • Selecione Ajuda, no canto superior direito;
  • Clique no banner Fale com a gente.

Leia mais: O aplicativo PicPay é seguro e confiável?

O que fazer se eu cair em um golpe com cartão por aproximação?

O primeiro passo é registrar um Boletim de Ocorrência. Use todas as informações que tiver sobre como foi a situação para ajudar a polícia.

Isso pode auxiliar em investigações e, inclusive, evitar que novas vítimas caiam na mesma armadilha.

Em seguida, avise a sua instituição financeira de que você não reconhece aquela transação e solicite o estorno do valor.

Vale a pena ter um cartão por aproximação?

Agora você sabe que pagar por aproximação é seguro, sim. Mas também conhece alguns riscos ligados a esse meio de pagamento. Então, pode estar se perguntando: vale a pena ter um cartão que aproxima?

A verdade é que existem muitas vantagens do pagamento por aproximação, que tem ganhado cada vez mais adeptos.

O crescimento do pagamento por aproximação foi de mais de 380% em 2021 na comparação com 2020.

Nos três primeiros meses de 2022, houve um salto de mais de 450% comparado ao primeiro trimestre do ano anterior.

Abaixo, você confere as principais vantagens do pagamento por aproximação usando seu cartão de crédito e débito.

  • É prático: além de só precisar aproximar o cartão da maquininha, em compras até R$ 200 você nem precisa digitar a senha.
  • É rápido: por esses fatores, o pagamento é mais ágil.
  • É versátil: além de ser amplamente aceito nas maquininhas, o cartão por aproximação permite que você ative e desative a função contactless;
  • É seguro: como você viu, as transações são protegidas pela criptografia e não há risco de clonagem do cartão.

Já se sente mais seguro para usar o seu cartão com aproximação? Então confira outros conteúdos para aumentar a sua segurança digital e se proteger de golpes e fraudes!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 37

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados