TED cai no mesmo dia? O que é DOC? Entenda a diferença

Entenda se a transferência por TED cai no mesmo dia, as diferenças entre TED e DOC e quando usar cada um deles

27 de janeiro de 2022 Atualizado em 20 de abril de 2022

Muitas pessoas se perguntam sobre a diferença entre DOC e TED na hora de transferir dinheiro. Mesmo depois do surgimento do Pix, ainda é possível mandar e receber aquela grana por meio dessas duas modalidades. E se você quer saber qual o tipo de transferência que cai na hora, saiba que TED cai no mesmo dia.

A partir de agora, você vai entender entender o que significa DOC e TED, quanto tempo demora um TED, quais são as vantagens de TED ou DOC e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto neste conteúdo especial.

DOC e TED são a mesma coisa?

Não, os dois têm diferenças. Mas o que significa DOC e TED, afinal? São operações de transferências de dinheiro sempre realizadas entre bancos diferentes, independentemente de o titular ser o mesmo ou não.

No mesmo banco, o cliente pode realizar transferências bancárias entre duas contas, que podem ter a mesma titularidade ou não. É a chamada TEF (Transferência Eletrônica Financeira).

Já o DOC (Documento de Ordem de Crédito) e a TED (Transferência Eletrônica Disponível) são duas modalidades de envio de dinheiro feitas exclusivamente entre bancos de instituições financeiras diferentes

Os dois têm taxas específicas, que você deve consultar na tabela de tarifas do seu banco ou instituição financeira. Mas elas normalmente estão disponíveis nas agências e no site, por exigência do Banco Central.

Para adicionar dinheiro no PicPay, você tem a possibilidade de fazer TED, ou também transferir valores da sua conta no app para outra instituição. Nos dois casos, nenhuma tarifa é cobrada.

Vale lembrar que, hoje em dia, você também tem a opção transferir e receber dinheiro via Pix.

Qual a principal diferença entre DOC e TED?

Confira, abaixo, qual a diferença de TED para DOC.

TEDDOC
Dinheiro entra no mesmo dia se for transferido até 17h. Caso contrário, cai próximo dia útilDinheiro cai no próximo dia útil, mas pode atrasar se a transferência for após 22h
Permite transferências acima de R$ 5 milO valor máximo para transferências é R$ 4.999,99
Não existe valor mínimoNão existe valor mínimo

A principal diferença entre TED e DOC é que TED cai no mesmo dia se for realizado até 17h. Já o DOC entra no próximo dia útil, desde que seja feito até 22h.

Além disso, o DOC é um tipo de transferência bancária que possui um limite máximo de envio de R$ 4.999,99 por operação realizada. Já a TED permite transferências acima de R$ 5 mil.

Abaixo, conheça mais sobre cada tipo de transferência e saiba o que é DOC e TED.

O que é DOC?

Quando alguém faz uma transferência DOC, o valor é debitado da conta do emissor no dia da transação, mas só cairá na conta do destinatário no próximo dia útil após o envio do dinheiro. 

Ou seja, se você fizer uma transferência no fim de semana, o valor será enviado na segunda-feira. 

Esse prazo existe devido à compensação do DOC, o mesmo processo que ocorre com os cheques. O horário limite para transferência DOC em dias úteis é 21h59 no horário de Brasília.

A transferência DOC pode ser usada tanto por pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas. E ainda existe o DOC “E”, que serve para transações entre contas com titulares ou CPFs diferentes. Já o DOC “D” é destinado apenas para operações entre contas de mesmo titular ou CPF.

O que é TED?

A Transferência Eletrônica Disponível, ou TED, é uma operação criada pelo Banco Central há 19 anos! 

E quanto tempo demora um TED? A TED cai no mesmo dia na conta de quem vai receber, se for feita até 17h.

Isso significa que, se você deixar para transferir depois das 17h, o dinheiro só vai cair na conta do destinatário no próximo dia útil seguinte. 

Ou seja, se eu fizer um TED na sexta cai no sábado? Não. Se você fizer um TED depois das 17h de uma sexta-feira, seu dinheiro só cai na costa de destino na segunda-feira. Em tempos de Pix, isso pode ser até impensável, né?

Mas, segundo o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, o Pix não foi criado para substituir a TED. O objetivo com a nova forma de enviar dinheiro foi reduzir o custo de intermediação (ou seja, as taxas cobradas) para aumentar o número de transações e, assim, incentivar novos modelos de negócios.

Um exemplo disso é que, cada vez mais, prestadores de serviço aceitam Pix, de acordo com Campos Neto.

Leia mais: Pix é seguro? Como evitar golpes de transferência de dinheiro

A transferência TED também tem seus benefícios, já que por ela você pode transferir desde poucos centavos até milhões, o que pode deixar tudo muito mais seguro e fácil. 

Desde o dia 15 de janeiro de 2016, não há mais valor mínimo para transferência TED. Antes, esse valor era de R$ 250,00 por transação. 

Tipos de TED

Existem três tipos de TED. Eles são identificados por letras: TED C, TED D e TED E.

Pode ser que, ao realizar uma transferência desse tipo e conferir seu extrato, você veja dessas letras ao lado da transação. Entenda o que significa cada uma delas:

  • TED C: é o TED para diferente titularidade, ou seja, quando você faz uma transferência para outra conta que não esteja no seu nome. Para isso, é necessário que a conta destinatária tenha um CPF ou CNPJ diferente daquela conta que realizou a transação.
  • TED D é realizado entre contas de mesma titularidade, ou seja, com o mesmo CPF ou CNPJ.
  • TED E é utilizado para devolução de transferências, e acontece quando a conta destino tem uma titularidade diferente da que foi informada ao realizar a transferência.

O que é preciso para fazer TED ou DOC

No momento em que o usuário vai fazer uma transferência, algumas informações são necessárias. Esses dados são: 

  • Nome completo e CPF ou do CNPJ do destinatário; 
  • Agência e número da conta;
  • Tipo de conta: corrente ou poupança;
  • Código da instituição financeira de destino (o código do PicPay para transferir dinheiro é 380); 
  • Valor da transferência.

Taxas de transferência de TED e DOC

Os serviços de transferências de recursos por meio de TED e DOC estão sujeitos à cobrança de tarifas, que podem variar conforme a instituição financeira em questão e o pacote de serviços contratados por cada cliente.

As tarifas de TED e DOC devem ser consideradas, por exemplo, nos casos de empresas que fazem muitas transferências ou nas contas de investidores que precisam enviar recursos para as suas corretoras de valores.

Uma pessoa que pretende aplicar R$ 100,00 em títulos públicos, mas que gasta R$ 7,50 para enviar o recurso para a corretora, por meio de uma transferência TED, precisará ter, no mínimo, uma rentabilidade de 7,5% só para cobrir esse custo operacional. 

Leia mais: O que é CDI e como fazer o dinheiro render no PicPay?

Porém, vale lembrar que existem opções de contas que não cobram taxa por TED, como é o caso do PicPay. É importante dizer, também, que o PicPay não disponibiliza transferências via DOC.

Perguntas frequentes sobre TED e DOC

Se ainda estiver com dúvidas, chegou a hora de saber tudo sobre a diferença entre TED e DOC.

Qual é melhor, TED ou DOC?

A diferença entre DOC e TED é que a transferência TED cai no mesmo dia. E é importante checar se, na sua instituição financeira, a tarifa para os dois é a mesma.

Então, é importante avaliar qual operação faz mais sentido no momento da transferência, se você tem prazo para enviar o valor e qual a quantia, já que transferências DOC têm limite máximo a ser enviado.

Pesquise antes para saber qual faz mais sentido para você no momento em que for realizar a transação.

O que é mais barato, TED ou DOC?

Nesse caso, você precisa consultar o valor de cada operação no seu banco, já que o valor da tarifa pode variar de instituição para instituição.

Mas é válido lembrar que já existem algumas opções de contas digitais que te dão a liberdade de fazer transferência sem nenhuma tarifa, como o PicPay, além de poder utilizar o Pix.

Qual transferência é isenta de taxas?

Isso também vai variar a depender da sua instituição financeira e do pacote que você contratou, caso seja um banco. Mas, normalmente, as transferências estão sujeitas a taxa, independente da operação.

Qual o tipo de transferência que cai na hora?

A TED cai no mesmo dia em que o destinatário realizar a transferência. Mas lembre-se: você deve realizar a transferência até 17h em dias úteis.

Quanto tempo demora um TED?

A TED cai no mesmo dia, em até três horas, se for realizado em dias úteis até às 17h.

Quanto tempo demora para cair um DOC?

O dinheiro cai no dia útil seguinte à realização da transferência, mas se você fizer a operação depois das 22h, pode levar mais tempo.

Uso TED ou DOC? Como escolher?

Para te ajudar nessa escolha, é importante ter em mente sempre a urgência da operação e a diferença de valor entre as tarifas, por exemplo:

  • Se o valor a ser transferido se refere a um pagamento que está no último dia de vencimento, ou se o destinatário tem urgência no recebimento do valor, a TED pode ser a melhor opção;

  • Se for um pagamento ou operação que precisa ser (ou que você quer que seja) concluída no dia seguinte, procure optar pela transferência DOC. Caso não haja urgência no pagamento, pode optar também pelo DOC, mas é preciso estar atento à diferença dos valores entre as taxas. Se forem iguais, ambos podem ser utilizados sem diferença. 

Antes de tudo, consulte quais e a quantas operações você tem direito em seu pacote bancário. Um número limitado de operações pode já estar incluso no valor que você paga mensalmente. 

Se, por exemplo, você já usou seu limite de DOCs incluídos no pacote de tarifas, vale a pena verificar se ainda pode usar um TED sem pagar mais por isso. 

Qual a diferença entre o Pix, o DOC e a TED?

Pix e TED

O Pix é um tipo de transferência disponível 24 horas por dia, sete dias da semana, sem taxas, enquanto a TED funciona somente durante dias de semana, dentro de um horário específico e, na maioria dos bancos tradicionais, sob a cobrança de uma tarifa.

Outro ponto de diferença entre as transferências é a demora para que o dinheiro caia na conta. No Pix, o dinheiro cai em poucos segundos, enquanto o dinheiro transferido pela TED cai no mesmo dia útil.

Além disso, para realizar uma TED é preciso ter em mãos todos os dados pessoais de quem receberá o valor:

  • CPF;
  • Nome completo;
  • Agência e conta.

Já no caso do Pix, é necessário ter apenas uma chave para realizar a transferência.

Leia mais: Aplicativo do PicPay integra Pix às mensagens diretas

Pix e DOC

Já no caso da transferência DOC, elas são concluídas um dia útil após serem realizadas e são ótimas opções para quem não tem pressa ao fazer um pagamento. 

Ou seja: enquanto o Pix é imediato, as transferências DOC levam um dia útil para serem realizadas.

No PicPay, você tem a possibilidade de fazer transferências via Pix e via TED, que ficam à sua disposição na hora de escolher a melhor opção para o que você precisa. 

Quer conferir mais dicas para controlar e organizar as finanças? Confira tudo na editoria de planejamento financeiro!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 7

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados