Desenrola Brasil: veja como renegociar dívidas no PicPay

O PicPay adere ao Desenrola Brasil e oferece condições especiais para a renegociação de dívidas

19 de julho de 2023 Atualizado em 23 de outubro de 2023

Milhões de brasileiros estão endividados ou com contas a pagar. Pensando nisso, o governo federal lançou o programa “Desenrola Brasil”, para promover a renegociação de pequenas dívidas e tirar pessoas da lista de negativados.

Para você ter uma ideia, atualmente, cerca de três a cada quatro famílias brasileiras estão com dívidas em aberto, de acordo com dados da Pesquisa de Endividamento e do Consumidor.

É o seu caso e você quer saber como negociar os seus débitos pelo Desenrola? Siga a leitura e confira como funciona o programa e as principais vantagens de renegociar as suas dívidas.

Só um spoiler: o PicPay aderiu ao Desenrola, beleza? Mais à frente, vamos dar mais detalhes sobre como ter acesso à renegociação pelo aplicativo. 

O que é o programa Desenrola Brasil?

O Desenrola é um programa lançado pelo governo federal em julho deste ano com o objetivo de fomentar a renegociação de dívidas de pessoas físicas e estimular o potencial de consumo da população. 

O nome oficial é Programa Emergencial de Renegociação de Dívidas de Pessoas Físicas Inadimplentes e as regras foram publicadas no Diário Oficial da União

Segundo o Ministério da Fazenda, a expectativa é que o programa beneficie mais de 70 milhões de brasileiros, com foco em pessoas com renda bruta de até dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico.

Em entrevista à Agência Brasil, a economista Carla Beni, da Fundação Getulio Vargas, afirmou que acredita que o programa poderá reduzir em até 40% a inadimplência no país, que hoje atinge 66,08 milhões de brasileiros.

Como funciona o Desenrola?

O Desenrola funciona em duas frentes diferentes. As pessoas da faixa 1 começaram a ser contempladas em julho e atendimento à faixa 1 iniciou no dia 9 de outubro.

Confira abaixo mais detalhes sobre os grupos:

Desenrola Brasil faixa 1

A faixa 1 do programa é voltada para pessoas com renda mensal de até dois salários mínimos (atualmente, R$ 2.640) ou inscritas no Cadastro Único do governo federal (CadÚnico)

Inclusive, para quem não sabe, a inscrição no CadÚnico é um dos requisitos para quem quer se cadastrar no Bolsa Família

Nessa faixa, é possível renegociar dívidas de até R$ 5 mil, contraídas entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022.

De acordo com as regras do programa, não podem ser renegociadas:

  • Dívidas com garantia real;
  • Dívidas relativas a crédito rural;
  • Dívidas de financiamento de imóvel;
  • Dívidas de operações como funding (captação de investimentos para empresas). 

Para participar da renegociação, o devedor precisa entrar na plataforma do programa por meio do portal gov.br com o usuário e senha, mas atenção, é necessário ter o selo prata ou ouro para estar habilitado.

Depois, basta escolher uma instituição financeira inscrita no programa e decidir entre pagamento à vista ou parcelado. 

As regras de pagamento incluem taxa de juros de 1,99%, parcela mínima de R$ 50, prazo de até 60 vezes e carência mínima de 30 dias.

Como conseguir o selo prata ou ouro no gov.br para o Desenrola?

Se você ainda não tem conta no gov.br ou está no nível bronze, confira o passo a passo para regularizar o seu cadastro:

  • Crie sua conta no site do Governo Federal, em alguma Agência do INSS ou nos postos do Senatran;
  • Depois faça login no www.gov.br ou app.
  • Pelo site ou pelo aplicativo, solicite o avanço de nível na aba Selos de Confiabilidade.
  • Para alcançar o nível prata, você tem três opções: fazer o reconhecimento facial com base na sua foto da Carteira de Motorista; validação dos seus dados pessoais por meio do app de alguma instituição financeira credenciada, como o PicPay, ou validação das suas informações pessoais pelo SIGEPE, caso você seja servidor público federal.
  • Já o nível ouro pode ser conquistado de duas maneiras: reconhecimento facial com base na sua foto na Justiça Eleitoral ou validação dos dados pessoais com Certificado Digital compatível com ICP-Brasil. 

Confira abaixo dois vídeos do governo sobre como aumentar o nível da sua conta gov.br:

Desenrola Brasil faixa 2

A faixa 2 do programa é direcionada a pessoas físicas com dívidas financeiras negativadas até 31 de dezembro de 2022 e renda de até R$ 20 mil

Diferentemente da faixa 1, onde as renegociações são consolidadas em lotes, cada instituição financeira pode renegociar as dívidas por conta própria, sem necessidade de consolidação.

Para esse grupo, não podem ser renegociadas: 

  • Dívidas de crédito rural; 
  • Dívidas que possuam garantia, equalização de juros pela União, entidade pública ou aporte de recursos públicos; e
  • Dívidas que não tenham risco de crédito assumido.

As regras para a faixa 2 preveem que os devedores devem entrar em contato com as instituições para aderir ao programa. O pagamento poderá ser feito de forma parcelada, a partir de 12 prestações.

Dúvidas gerais sobre o Desenrola Brasil

Para te ajudar a entender tudo sobre o programa do governo federal, listamos algumas perguntas frequentes a respeito do tema.

Quem pode participar do Desenrola?

Podem participar do Desenrola todas as pessoas que se enquadram nas duas faixas do programa.

Em resumo, negativados com renda mensal de no máximo dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico, além de pessoas físicas com renda de até R$ 20 mil por mês e dívidas financeiras negativadas até o último dia de 2022.

É preciso levar em consideração que nem todos os tipos de dívidas podem ser negociados e que a adesão por parte dos credores não é obrigatória. 

Em breve, o programa será expandido para pessoas com renda mensal de até dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico.

Até quando vai o programa Desenrola Brasil

O Desenrola está previsto para até dezembro de 2023, lembrando que as ações começaram em julho deste ano, com início da segunda fase em 9 de outubro.

Por isso, é importante que você esteja atento para não perder as datas, beleza?

Dívidas Desenrola Brasil: quais podem ser renegociadas?

Na primeira fase, o foco são dívidas negativas com instituições financeiras, contraídas até o último dia de 2022.

Além disso, todas as dívidas de até R$ 100 foram retiradas dos birôs de crédito.

Na segunda fase, podem ser renegociadas as dívidas negativadas de até R$ 5 mil com bancos, varejistas, companhias de água e saneamento, distribuidoras de eletricidade, etc.

Vale a pena negociar pelo Desenrola?

O Desenrola traz diversos benefícios para os devedores. Além da oportunidade de regularizar sua situação financeira e sair da lista de negativados, o programa oferece taxas atrativas, parcelas acessíveis e opção de parcelamento.

4 vantagens de negociar as suas dívidas

Se você ainda está em dúvida se vale a pena participar do Desenrola ou não, preparamos uma lista com os quatro principais benefícios de optar pela renegociação de dívidas.

1. Redução do valor total da dívida

Uma das principais vantagens de renegociar suas dívidas é a possibilidade de obter descontos e reduções no valor total devido. 

Muitas vezes, as instituições financeiras estão dispostas a oferecer condições especiais para receber pelo menos uma parte do valor devido, em vez de correr o risco de inadimplência total. 

Esses descontos podem variar de acordo com a negociação e a situação financeira individual, mas podem representar uma economia significativa a longo prazo.

2. Parcelas acessíveis

Ao renegociar suas dívidas, é possível ajustar as condições de pagamento de acordo com sua capacidade financeira atual. 

Isso significa que você pode negociar parcelas mensais mais acessíveis, considerando sua renda e despesas essenciais, com base no seu planejamento financeiro pessoal

3. Flexibilidade nos prazos

Outra vantagem  é a possibilidade de conseguir prazos mais longos para quitar suas dívidas. Isso pode ajudar a reduzir o impacto no orçamento mensal, permitindo que você distribua os pagamentos ao longo de um período maior. 

Dessa forma,  flexibilidade nos prazos pode aliviar a pressão financeira imediata e fornecer um plano viável para a quitação das dívidas.

Leia mais: Como quitar dívidas ganhando pouco em 5 passos

4. Reabilitação do crédito

Ao renegociar suas dívidas e cumpri-las conforme o acordo, você demonstra responsabilidade financeira e compromisso em honrar seus compromissos. 

Isso tem um impacto positivo no seu score de crédito, o que pode facilitar a obtenção de crédito no futuro. 

Ao reabilitar seu crédito, você pode ter acesso a melhores condições para empréstimos, financiamentos e outras linhas, possibilitando a conquista de objetivos financeiros futuros.

O PicPay está participando do Desenrola?

A resposta é sim! O PicPay está participando do Desenrola com taxas a partir de 1,5% ao mês e parcelamento dos débitos em até 60 meses

As condições são inéditas e têm o objetivo de oferecer melhores oportunidades para os clientes renegociarem suas dívidas. 

Como você já sabe, a missão do PicPay é facilitar a sua vida e ser o seu principal parceiro financeiro. A adesão ao Desenrola é mais um passo nesse sentido, para te auxiliar a retomar as redes do seu dinheiro. 

“Sabemos que o endividamento das famílias é uma questão e, por isso, decidimos fazer parte desse movimento, tanto de facilitar a renegociação das dívidas quanto de trabalhar com a educação financeira de quem mais precisa.”

Luiz Gava, diretor de cobrança e recuperação de crédito do PicPay

Ficou interessado? Para fazer renegociações, você só precisa acessar o app do PicPay e conferir as opções disponíveis logo na tela inicial, clicando no banner. 

Você também pode acessar diretamente o site próprio de renegociações ou entrar em contato pelo telefone: 0800 120 0122.

Para melhorar, o PicPay aderiu à segunda fase do Desenrola e lançou uma campanha para incentivar a renegociação de dívidas e te apoiar financeiramente neste momento.

Além das condições do programa, que terá descontos inéditos e possibilidade de parcelamento, a campanha terá condições especiais.

Os clientes que renegociarem vão ganhar R$ 250 em Vale Bonus, e, ainda, participarão nos próximos meses de sorteios diários de prêmios de R$ 1 mil e do sorteio final do grande prêmio de R$ 100 mil.

Uma das grandes vantagens é que os incentivos também valem para os clientes que não se enquadram no Desenrola mas querem ficar em dia com seus débitos.

Quer saber mais sobre isso? Confira o site da campanha.

O Banco Original participa do Desenrola?

Como você já sabe, o PicPay concluiu a incorporação dos clientes pessoa física do Banco Original. Isso significa que quem tinha dívidas no Original, também pode renegociar pelo Desenrola. 

A opção está disponível pelo app do PicPay, pelo link exclusivo de renegociação do banco e também pelo telefone: 0800 120 0122.

No caso da segunda fase do Desenrola, as renegociações precisam ser feitas pela plataforma do programa.

Os clientes que renegociarem também terão a vantagem do Vale Bonus de R$ 250, além dos sorteios diários de R$ 1 mil e o grande prêmio de R$ 100 mil.

Agora que você já sabe tudo sobre o Desenrola, confira mais conteúdos para evitar novas dívidas e conseguir fazer um bom planejamento financeiro.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 30

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados