Como cancelar uma compra no cartão de crédito?

Saiba como cancelar uma compra no cartão de crédito e se é possível garantir o estorno do dinheiro em diversas situações

4 de março de 2022 Atualizado em 23 de agosto de 2022

Fez uma compra e, por algum motivo, quer voltar atrás? Isso é possível e não precisa ser complicado. É só entender como cancelar uma compra no cartão de crédito de um jeito fácil.

Mas eu consigo estornar uma compra no cartão de crédito? Sim. Independente do motivo que te levou a desistir de uma aquisição, em diversos casos você pode pedir o estorno do valor pago.

Leia mais: Como funciona o cartão de crédito?

Estornar uma compra no cartão significa ter de volta o valor pago por ela. Essa possibilidade está garantida por lei.

Mas é importante ter calma para entender em quais situações é possível cancelar uma compra no cartão de crédito, quando não é e conhecer seus direitos e deveres.

Sabe por que isso importa? Porque vale lembrar que não é possível cancelar uma compra no cartão de crédito em todo e qualquer caso.

Para ficar mais claro, fizemos um pequeno bingo com situações em que é possível solicitar o cancelamento da compra no cartão de crédito.

Bingo de como cancelar uma compra no cartão de crédito

Como cancelar uma compra no cartão de crédito?

O primeiro passo de como fazer o estorno do cartão de crédito é entrar em contato com a loja em que você adquiriu o produto. Nesse momento, é importante explicar o motivo que te fez querer cancelar.

E em até quantos dias posso estornar uma compra no cartão? Se foi uma compra online, você tem sete dias para pedir a devolução sem precisar explicar o porquê. 

Por outro lado, se você comprou em uma loja física, é preciso um motivo que justifique, como um defeito.

Vale lembrar que, no caso das lojas físicas, pode ser que você não consiga realizar o cancelamento da compra no cartão de crédito.

De acordo com as regras do estabelecimento, pode ser que você ganhe um voucher no mesmo valor para fazer uma troca.

Depois do pedido de cancelamento feito, o prazo para que a loja dê um retorno sobre a sua solicitação é de 15 dias

Uma boa dica é aproveitar o contato para perguntar sobre o processo e tirar todas as suas dúvidas sobre como vai funcionar o reembolso, como o prazo e a forma de estorno.

Fazer isso é legal porque cada loja tem a sua própria política e o procedimento pode variar caso a caso. Desse jeito, você não fica perdido.

Com tudo certo, basta esperar o estorno do cartão de crédito. É comum que os valores que não são devolvidos imediatamente sejam restituídos nas duas próximas faturas do cartão.

Confira algumas dicas para ajudar neste momento:

Fique atento ao prazo

Se você pretende cancelar uma compra, o ideal é fazer o mais rápido possível, para não perder o prazo. 

Você tem sete dias para desistir de compras online (sem precisar explicar o motivo) e entre 30 e 90 dias para fazer uma troca em loja física, dependendo do tipo de produto, desde que tenha uma justificativa aceita pelo estabelecimento.

Procure por canais de atendimento

Pesquise sobre a loja ou estabelecimento em que você fez a compra para encontrar os canais de atendimento oficiais da empresa. Eles são o melhor caminho para entrar em contato. 

Tenha provas do pedido de cancelamento

Quando falar com a loja, deixe isso registrado. Pode ser anotando o número de protocolo, caso seja por telefone, ou fazendo isso por escrito, como por e-mail ou WhatsApp. Você também pode tirar print, se for necessário.

Ainda está com dúvida sobre o processo de cancelamento de uma compra? Para ajudar, confira abaixo algumas situações comuns para saber como agir em cada tipo de situação.

Comprei online e me arrependi

Muita gente já caiu na tentação de fazer uma compra online de algo que não precisava de verdade, mas na hora achou que fosse uma boa ideia. Você se identifica?

Infelizmente, às vezes acontece de a gente comprar algum item por impulso, especialmente pela internet. E aí, quando a compra chega, bate aquele arrependimento. 

E aí é que a gente se pergunta: como cancelar compras online? Se você comprou pela internet, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) reconhece o chamado “direito de arrependimento”. 

Nesse caso, você tem como cancelar uma compra feita pela internet: pode pedir a devolução do produto e receber o dinheiro de volta. 

Mas fique atento! A lei diz que você tem sete dias para pedir o cancelamento, contados a partir da data que você recebeu o produto na sua casa. E você não precisa justificar a devolução.

Vale lembrar que, mesmo se você já tiver recebido o produto, não deve pagar nada a mais pela devolução dentro desse prazo, tudo bem?

Além disso, procure entender qual é o processo para a devolução do dinheiro, que deve ser informado pela loja onde você realizou a compra.

Você pode receber o dinheiro de volta no próprio cartão de crédito, como se fosse uma nova despesa na sua fatura, mas que é na verdade um crédito. Ou o valor pode ser devolvido em parcelas, também nas faturas seguintes do cartão.

Vale um lembrete: se você comprar em uma loja física, o vendedor não é obrigado a cancelar uma compra feita no cartão de crédito, viu?

O produto tem defeito

Sabe quando você compra uma coisa, percebe que veio com defeito e bate aquela tristeza? Também dá para cancelar esse tipo de compra.

Mas como cancelar uma compra no cartão de crédito nesses casos? A lei prevê que você tem até 30 dias para reclamar do produto direto ao vendedor se ele for um bem não durável (os chamados bens de consumo imediato, como roupas, comidas e produtos de limpeza).

Se ele for um bem durável (que tem um período de uso mais longo), como eletrônicos ou eletrodomésticos, o prazo para devolução é de até 90 dias.

Uma dica: esse prazo só passa a contar a partir do dia que você percebeu o defeito no produto.

Caso o defeito percebido ofereça algum tipo de risco à sua integridade física ou seja um item essencial do dia a dia, como geladeira ou fogão, a troca deve ser feita pelo vendedor imediatamente.

De acordo com o Procon de São Paulo, se o problema não for solucionado em até 30 dias, o consumidor pode:

  • Exigir a substituição do produto por outro igual;
  • Pedir o estorno do valor pago caso queira devolvê-lo;
  • Ou solicitar um abatimento proporcional do preço.

Se o vendedor não resolver o problema, você pode entrar em contato com a instituição responsável pelo seu cartão de crédito.

Nesse caso, é importante ter em mãos algum documento ou número de protocolo para comprovar que você já fez sua reclamação na loja, ok? 

A empresa do cartão vai cancelar a cobrança do produto por um tempo, falar com o vendedor e, em até 45 dias, tem que te dar uma resposta.  

Uma ótima dica é: se você receber o produto em casa, pode abrir ele na frente do entregador. Se ele não estiver como era na propaganda ou se tiver defeito visível, você pode devolver na mesma hora.

O valor cobrado na fatura do cartão de crédito está errado

Essa costuma ser a situação mais tranquila de resolver. Pode acontecer de um gasto aparecer duplicado no extrato ou com o valor errado. Veja o que fazer.

Valor duplicado

Se você passar por isso, é só falar com a loja e comprovar o que aconteceu, com a nota fiscal da compra e a cobrança do cartão de crédito, confirmando o pagamento. 

Geralmente, o vendedor cancela o que estava errado bem rápido. Mas, se não for assim, é bom entrar em contato com a empresa do cartão.

Agora, se a duplicidade não for erro do vendedor da loja, entre em contato com a instituição responsável pelo seu cartão de crédito e peça pelo cancelamento da duplicidade da compra. 

Valor maior

Se você observar que o valor cobrado pelo cartão de crédito é maior do que o que estava escrito na etiqueta ou nota fiscal do produto, o direito ao estorno do valor que você pagou a mais também está garantido.

É sempre importante, por esse motivo, guardar a nota fiscal do produto comprado e conferir na fatura do cartão de crédito se o valor está certo.

Por isso é sempre muito importante revisar a fatura do seu cartão de crédito e ter certeza de que aqueles gastos correspondem às suas compras mesmo. Isso faz parte de um bom planejamento financeiro pessoal.

Você não reconhece a compra que apareceu no extrato do cartão

Imagina só acessar a sua fatura do cartão e achar um gasto que você não tem ideia do que é. E agora, como cancelar uma compra que eu não fiz?

Ao contrário das outras situações, nesse caso você já tem que entrar em contato direto com a empresa do seu cartão de crédito. Ela deve estornar o valor da compra.

O ideal é que a empresa também cancele o seu cartão e te envie outro, já que você desconhece a origem para a compra em questão. 

Isso pode indicar que o cartão tenha sido clonado, por exemplo, e por isso é importante se proteger.

Dessa forma, você terá mais segurança e evitará possíveis golpes ou furtos.

O produto não foi entregue no prazo combinado

Comprou um móvel que não foi entregue pela loja, seja física ou virtual, mesmo depois do prazo estabelecido? Nesse caso, você também tem o direito de cancelar a compra e pedir a devolução do que já foi pago.

O mesmo vale para serviços contratados e não realizados, como uma reforma ou a instalação de cortinas, por exemplo.

Outra pessoa usou o meu cartão

“Meu filho comprou com meu cartão: como cancelar?” é uma dúvida que pode aparecer em situações como essa.

Se fizeram uma compra no seu cartão de crédito, seja seu filho ou um parente ou amigo, você pode buscar o estorno ao acionar a loja, como mostramos no começo deste conteúdo, desde que se encaixe nos requisitos.

Por exemplo, a devolução de uma compra online em até sete dias, ou a troca de um produto por defeito, seguindo as políticas de cada estabelecimento.

Mas emprestar o cartão de crédito para outras pessoas pode não ser uma boa ideia

Segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 26% dos brasileiros já pediram o cartão de crédito emprestado para alguém.

Muitas vezes são pessoas próximas, da nossa confiança. Mesmo assim, é preciso ter cuidado, por alguns motivos:

  • Se a compra não for paga, quem vai ficar inadimplente é você;
  • Uma compra fora do seu planejamento financeiro pode te prejudicar ou até terminar em dívidas;
  • Movimentações não compatíveis com a sua renda podem te colocar na malha fina da Receita Federal.

O mesmo vale para o empréstimo de contas em qualquer instituição financeira para outra pessoa. É bom ficar atento, viu?

Cancelamento de passagens aéreas

Você sabia que a compra de passagens aéreas, seja online ou feita de forma presencial, pode ser cancelada sem custo nenhum, independente da tarifa?

Sim, isso é possível. Desde que a solicitação de cancelamento das passagens de avião seja feita em até 24 horas após o recebimento do comprovante da compra, e com antecedência mínima de sete dias da viagem.

E isso inclui até passagens que foram emitidas com pontos ou milhas.

O pedido de cancelamento deve ser feito através do mesmo canal por onde a compra foi realizada. 

Caso a sua compra não se enquadre em nenhum desses prazos, as regras e tarifas de cancelamento, remarcação ou reembolso podem variar de acordo com a tarifa adquirida e com as regras da companhia aérea.

Como cancelar compras parceladas no cartão de crédito

Para cancelar compras parceladas, você também deve acionar a loja em que fez a aquisição.

Ao cancelar uma compra parcelada no cartão de crédito, o cliente vai receber o estorno equivalente às prestações que já foram pagas

Ou seja, se você parcelou uma compra em dez vezes e pagou três parcelas no momento do cancelamento, vai receber o estorno no valor dessas três prestações.

As prestações futuras (no exemplo, as sete que faltam) devem ser anuladas pela loja em que você fez a compra, e não podem ser cobradas. 

Quais são os deveres do cliente?

Quando pensar em como cancelar uma compra no cartão de crédito só por não ter gostado do produto, confira se há informações sobre a política de trocas no site da loja.

Isso vai ajudar a evitar conflitos e situações desagradáveis. Afinal, em alguns casos a loja não é obrigada a efetuar trocas, nem devolver o dinheiro ao cliente.

Mas o consumidor também tem deveres a seguir. E o melhor mesmo é conferir essas informações antes de fechar qualquer nova compra.

Em geral, essas informações estão disponíveis nas perguntas frequentes dos sites de lojas e empresas.

Além disso, outro modo de evitar situações desconfortáveis é entrar em contato via chat ou canais de atendimento para esclarecer dúvidas sobre os procedimentos que devem ser seguidos em caso de troca ou cancelamento de compras.

Como cancelar uma compra no débito?

Também é possível cancelar compras no cartão de débito, ao contrário do que muita gente imagina. 

Passaram valor errado no meu cartão de débito: e agora? Uma das situações em que é possível cancelar uma compra no débito é quando a cobrança é feita duas vezes, seja por um erro humano ou mesmo uma falha no processamento do pagamento.

Se foi uma compra física, é possível solicitar o estorno na maquininha do cartão. O vendedor passa o cartão do cliente de novo, solicita o estorno e entrega um comprovante ao cliente, que deve guardá-lo.

O valor tem o prazo de até 30 dias para ser devolvido à conta do cliente. 

E se o produto está com defeito? Também é possível cancelar a compra feita no débito, assim como no crédito. Basta entrar em contato com a loja e explicar o que aconteceu, tanto para as físicas quanto online.

A diferença das lojas físicas é que a devolução vai estar sujeita às regras do estabelecimento.

Com isso, a empresa dá início ao processo de estorno. Vale a pena checar quais são os prazos e os procedimentos para que isso aconteça com o próprio estabelecimento, ok?

Fiz uma compra e cancelei, mas veio na fatura. E agora?

O cancelamento de uma compra no cartão pode levar alguns dias para ser feito. Se a fatura fechar antes que esse prazo seja concluído, a compra vai aparecer no seu extrato.

Mas não se preocupe, porque na fatura seguinte o valor da compra cancelada vai aparecer como um crédito. Na dúvida, consulte a operadora do seu cartão para garantir que está tudo certo, beleza?

Cancelar compras no cartão de crédito é possível e permitido por lei! Se você tiver qualquer dificuldade mesmo quando isso for garantido para o seu caso, vale a pena registrar uma reclamação nos sites dos serviços de defesa do consumidor.

Também é super importante lembrar que acompanhar o extrato do cartão de crédito pode ser uma boa estratégia para notar bem rápido as possíveis cobranças erradas e já ir atrás da instituição financeira para resolver seu problema.

Essas dicas foram úteis? Então, confira nossos demais conteúdos sobre cartão de crédito!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 23

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados