PNAD Contínua em dezembro de 2023: análise dos dados de desemprego

Aprenda o que é e como funciona a PNAD Contínua e confira a análise da taxa de desemprego pelo time de economistas do PicPay

31 de janeiro de 2024

Você já ouviu falar sobre a PNAD Contínua? A pesquisa é fundamental para fornecer dados sobre a situação socioeconômica do país, como a taxa de desemprego no Brasil.

Quer saber mais sobre o tema? Confira o nosso conteúdo completo e veja a análise do desemprego no Brasil feita pelo time de economistas do PicPay.

Análise do desemprego pela PNAD Contínua de dezembro de 2023

Por Igor Cadilhac, economista do PicPay

Acima das nossas expectativas (7,3%), os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) mostraram que a taxa de desemprego recuou de 7,5% para 7,4% no trimestre móvel encerrado em dezembro. Com o resultado, a taxa encerra 2023 com uma média de 8%, o menor desde 2014.

Na análise dos dados dessazonalizados, com base nos nossos cálculos, observamos um avanço de 7,9% para 8%.

O quadro da taxa de participação avançou de 62% para 62,2% na passagem de novembro para dezembro.

Mais uma vez, o mercado de trabalho segue apresentando um bom desempenho, que se deve principalmente pela expansão do número de pessoas trabalhando, uma vez que, cada vez mais estamos observando o retorno das características econômicas e sazonais no período de consolidação da recuperação da pandemia.

Esse quadro mais favorável pelo lado da ocupação, que atingiu o maior patamar da série histórica, ainda permite um melhor desempenho da formalidade e uma redução do número de pessoas que procuram trabalho.

Olhando para os salários, vimos um novo recorde na massa salarial real, mas que seguem com as pressões salariais moderadas, com o rendimento médio real em R$3032. Esses valores seguem dando sustentação ao consumo das famílias dado o ganho robusto.

Pensando, agora, nas suas implicações para o cenário de inflação de médio prazo, a dinâmica traz alguma preocupação, sobretudo com a nova regra do salário mínimo.

De modo geral, a leitura qualitativa do indicador é de que o mercado de trabalho segue forte e com uma composição saudável, recuperando suas características intrínsecas.

Olhando à frente, entendemos que os efeitos defasados da política monetária contribuirão para uma desaceleração da atividade econômica e um consequente aumento da taxa de desemprego, que ainda resistirá em patamares historicamente baixos por mais um bom tempo.

Para 2024, esperamos que o mercado de trabalho siga aquecido até, pelo menos, meados do ano. Projetamos uma taxa média de desemprego de 8,3%.

O que é PNAD Contínua?

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) é uma investigação estatística realizada pelo IBGE, cujo objetivo principal é oferecer uma visão abrangente e contínua da realidade socioeconômica do Brasil.

Ela é considerada uma das principais fontes de informações sobre a população e o mercado de trabalho no país.

Diferentemente da PNAD tradicional, que é realizada de forma pontual em períodos específicos do ano, a PNAD Contínua é conduzida de maneira contínua, ou seja, todos os meses são realizadas coletas de dados. 

Isso possibilita uma análise mais dinâmica e atualizada das condições socioeconômicas do país.

Os indicadores mensais são construídos a partir dos dados dos últimos três meses consecutivos da pesquisa. Isso implica que, ao avançar de um trimestre móvel para o próximo, há uma sobreposição de informações de dois meses entre os períodos. 

Logo, os indicadores mensais da PNAD Contínua não espelham a situação de cada mês isoladamente, mas sim a conjuntura do trimestre móvel que se encerra a cada período mensal de divulgação.

A PNAD Contínua é uma pesquisa amostral, ou seja, não entrevista toda a população, mas sim uma amostra representativa dela. Essa abordagem permite mostrar um retrato de todo o país com um nível aceitável de confiança estatística.

A pesquisa abrange áreas urbanas e rurais, utilizando uma amostra representativa da população brasileira. 

A metodologia aplicada busca identificar informações detalhadas sobre emprego, renda, educação, condições de moradia, acesso a serviços básicos, entre outros aspectos relevantes para compreender a dinâmica social do Brasil.

Quais são os dados da PNAD Contínua?

1. Emprego e Desemprego

A pesquisa acompanha de perto a situação do mercado de trabalho, fornecendo dados sobre a taxa de desocupação, população ocupada, trabalhadores informais, entre outros indicadores importantes para avaliar a dinâmica do emprego no país.

2. Renda e Condições Socioeconômicas

Além do mercado de trabalho, a PNAD Contínua analisa a distribuição de renda, condições de vida, acesso a serviços básicos como educação, saúde, saneamento básico, entre outros.

3. Demografia e Migração 

Aspectos demográficos, como estrutura etária da população, migração interna, concentração urbana, também são contemplados na pesquisa.

Importância da PNAD Contínua

A PNAD Contínua desempenha um papel fundamental em várias esferas, como, por exemplo:

Formulação de políticas públicas: Os dados coletados permitem que governos, instituições e organizações não governamentais tenham subsídios para elaborar políticas públicas e estratégias voltadas para o desenvolvimento social e econômico do país.

Análise de tendências sociais e econômicas: Os dados da PNAD Contínua são utilizados por pesquisadores, acadêmicos e analistas para compreender e analisar tendências sociais, desigualdades e mudanças na dinâmica socioeconômica brasileira.

Tomada de decisões empresariais: Empresas e investidores utilizam essas informações para análises de mercado, planejamento estratégico e tomada de decisões relacionadas à contratação de mão de obra e investimentos.

Esse é o seu caso? Então conheça o podcast Diário Econômico, que traz todos os dias pela manhã as principais informações que afetam os mercados, com análise do economista-chefe do PicPay, Marco Caruso.  

Como é calculada a taxa de desemprego no Brasil?

O desemprego é um dos indicadores-chave para avaliar a saúde econômica de um país e o bem-estar de sua população. 

Como falamos acima, a PNAD Contínua fornece informações detalhadas sobre o mercado de trabalho, incluindo taxas de desemprego, ocupação, informalidade e outras variáveis relevantes.

Segundo as diretrizes do IBGE, o conceito de desemprego vai além da ausência de um emprego formal. A pesquisa considera desempregada a pessoa em idade ativa (acima de 14 anos) que está disponível para trabalhar e em busca de uma ocupação.

No entanto, é crucial compreender que existem situações em que a ausência de um emprego não se enquadra no critério de desemprego. Por exemplo:

  • Um estudante universitário que dedica seu tempo exclusivamente aos estudos;
  • Uma dona de casa que não exerce atividades remuneradas fora de casa;
  • Uma empreendedora que administra seu próprio negócio.

Conforme a metodologia adotada pela PNAD Contínua, o estudante e a dona de casa são considerados fora da força de trabalho, enquanto a empreendedora é classificada como pessoa ocupada.

Além disso, o recebimento de benefícios de programas sociais, como Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC), ou seguro desemprego, não determina diretamente a situação de ocupação ou desocupação. 

Esses beneficiários podem ser classificados como parte da força de trabalho (como ocupados ou desocupados) ou fora dela.

Qual é a taxa de desemprego no Brasil hoje?

De acordo com a última PNAD Contínua, a taxa de desemprego caiu para 7,6% no trimestre encerrado em outubro – menor patamar desde o trimestre encerrado em fevereiro de 2015. 

TrimestreTaxa de desemprego
Agosto, setembro e outubro de 20237,6%
Julho, agosto e setembro de 20237,7%
Junho, julho e agosto de 20237,8%
Maio, junho e julho de 20237,9%
Abril, maio e junho de 20238,0%
Março, abril e maio de 20238,3%
Fevereiro, março e abril de 20238,5%
Janeiro, fevereiro e março de 20238,8%

Gostou do conteúdo e quer ficar por dentro de todos os indicadores que impactam os mercados? Veja nossa editoria de análises econômicas.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados