Como planejar uma viagem com pouco dinheiro

Confira nosso passo a passo de como planejar uma viagem nacional ou internacional com economia de dinheiro, a partir de dicas de planejamento financeiro pessoal

3 de junho de 2022 Atualizado em 30 de junho de 2022

Todo mundo concorda que o dinheiro nos ajuda a realizar sonhos, né? E um dos planos mais desejados por muita gente é viajar e conhecer lugares diferentes. Se é o seu caso, só existe uma etapa entre você e seu sonho: aprender como planejar uma viagem.

Mesmo com um orçamento apertado, é possível encontrar maneiras de conhecer o seu destino sem fazer dívidas ou gastar mais do que o esperado. Com algumas dicas, fazer a viagem dos sonhos pode ser mais simples do que você imagina.

Especialmente depois da pandemia de coronavírus, o desejo de viajar ficou ainda mais forte para muita gente. Uma pesquisa da Hibou, empresa de monitoramento de mercado e consumo, mostra que cerca de 43% dos brasileiros pretendem viajar em 2022.

Se você está entre eles ou gostaria de viajar mas ainda não consegue uma folga no orçamento, vem conferir as nossas dicas para fazer um planejamento de viagem que caiba no seu bolso.

Por que planejar viagens é importante?

Um estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) aponta que 35,5% dos entrevistados querem viajar e não conseguem

Essa é uma realidade no país, especialmente neste momento, com a taxa de juros em alta, e também com o avanço do dólar, que tornam diversos itens mais caros.

A pandemia e os seus impactos afetaram a renda de muita gente. Com isso, investir em momentos de lazer ficou ainda mais complicado.

E qual a importância disso, afinal? O planejamento de viagens pode ser a única forma de muitos brasileiros realizarem o sonho de conhecer novos lugares.

Ele permite que você faça uma estimativa de quanto vai gastar e defina estratégias para cobrir os custos sem se envolver em dívidas.

É possível viajar com pouco dinheiro, aprender a economizar e até fazer buscar novas fontes de renda para não deixar de lado o desejo de viajar.

Leia mais: Salário mínimo 2022: como fazer o dinheiro render?

Como planejar uma viagem com pouco dinheiro

Independentemente do orçamento que você tiver para viajar, existem alguns passos que todo mundo deve seguir para não se enrolar com os gastos de uma viagem.

Para saber como se organizar financeiramente para viajar, você deve:

  • Descobrir quanto custa viajar para destino escolhido;
  • Como incluir a viagem no seu orçamento;
  • Aprender a juntar dinheiro para viajar.

Cada uma dessas etapas envolve várias dicas preciosas para montar o seu planejamento. Abaixo, vamos falar sobre cada uma delas.

Quanto custa viajar?

O segredo para planejar financeiramente uma viagem é saber os custos que você terá com ela. Assim, você consegue estimar quanto vai precisar destinar do seu orçamento.

Para começar, existem os gastos antes da viagem, e aqueles custos que ocorrem durante o passeio. Os dois devem ser considerados na hora de montar o orçamento, mas em momentos diferentes.

Antes de descobrir o que considerar, uma dica importante: se você não tiver ideia do custo de vida no seu destino, vale consultar sites como Price of Travel e Quanto Custa Viajar

Eles ajudam a estimar custos diversos com base no custo de vida em mais de 200 cidades. É uma forma de tornar seu plano de viagem mais realista e, claro, mais eficiente.

Gastos antes de viajar

Alguns dos maiores gastos acontecem antes mesmo do embarque. Entenda quais são eles.

Passagens

É um dos maiores custos de qualquer viagem. Daí a importância de se planejar: se você comprar com antecedência, pode conseguir preços mais baratos (no caso das passagens aéreas, por exemplo).

Isso é importante especialmente hoje em dia, porque o preço das passagens de avião está quase três vezes maior do que antes da pandemia, segundo um estudo do buscador de voos Viajala.

Outra vantagem de comprar com antecedência é que você pode parcelar a sua compra e pagar até a data da viagem. 

Assim você garante que, no momento do passeio, o orçamento não esteja comprometido com isso e você possa usá-lo nos gastos durante a viagem, se for necessário.

Na hora de comprar as passagens, você pode usar sites de comparação de preços entre diversas companhias, sejam aéreas ou de ônibus. Vamos dar mais dicas no final do conteúdo!

Documentos

A documentação é uma parte fundamental de qualquer viagem. Se você for viajar pelo Brasil, basta o RG ou a carteira de habilitação (CNH). 

Se for para algum país do Mercosul (Argentina, Chile, Bolívia, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), basta o RG. Para outros países, será necessário ter o passaporte.

Além disso, para alguns países pode ser necessário um visto, como é o caso dos Estados Unidos. É importante checar as exigências do destino assim que definir o local da viagem!

Hospedagem

Os custos com hotel, hostel, Airbnb ou outro tipo de hospedagem também costumam ser grandes na hora de viajar. Vale a pena pesquisar bem em sites de comparação.

Aqui, também compensa se planejar. Quanto maior a antecedência, maior a chance de conseguir bons preços.

Seguro viagem

O seguro viagem é como se fosse um plano de saúde válido por um período mais curto. Ele pode cobrir despesas médicas, odontológicas e hospitalares durante o passeio, caso você precise de algum tipo de assistência.

Esse tipo de seguro é muito recomendado porque, sem ele, você pode acabar gastando muito mais se tiver algum imprevisto de saúde. 

Vacina

Em tempos de pandemia, checar quais são as vacinas exigidas no destino é muito importante. Inclusive, vale a pena checar se a vacina da Covid-19 que você tomou é aceita e quantas doses são exigidas.

As vacinas exigidas por cada local costumam ser encontradas no site do consulado ou embaixada do destino, nos casos de viagens internacionais.

Mas em destinos nacionais também é necessário conferir. Se você pretende ir para a Amazônia, por exemplo, pode ter que reforçar algumas vacinas.

Passeios

Você pode comprar ingresso para alguns passeios, visitas e experiências antes mesmo de embarcar. E, em alguns casos, sai mais barato!

Por isso, depois de definir o destino, vale a pena conferir as principais atrações e garantir seu lugar com antecedência. 

Isso também evita que você perca alguma coisa porque deixou para comprar em cima da hora e não tinha mais disponibilidade, ou que enfrente uma fila enorme para adquirir o ingresso.

Moeda estrangeira

Caso a sua viagem seja internacional, você vai precisar comprar a moeda do destino. Por exemplo, se for para Portugal, precisará de euros para pagar suas despesas lá.

Por isso, antes de viajar, separe uma quantia de dinheiro para comprar a moeda local. A depender do câmbio, pode ser uma despesa alta. 

Fazer o planejamento com antecedência permite que você acompanhe a cotação da moeda e possa comprar quando ela estiver mais barata.

Leia mais: Como enviar dinheiro para o exterior ou receber no PicPay?

Gastos durante a viagem

Além dos gastos prévios, existem custos durante a viagem. Confira quais são os principais para se planejar. 

Alimentação

A comida é um gasto importante de qualquer viagem e nem sempre é possível prever com muita exatidão. Uma boa dica é definir um valor fixo por dia para todas as refeições.

Além disso, a depender do objetivo da sua viagem, pode ser uma boa ideia reservar um dinheiro para uma refeição especial. Isso porque experimentar a gastronomia local também pode ser uma experiência incrível.

Passeios

Além daqueles que você reservou com antecedência, com certeza você vai encontrar outros passeios que deseja fazer. 

Para se organizar, liste as possíveis atividades que você gostaria de fazer e tenha uma grana reservada para elas.

Compras

As compras fazem parte de uma viagem, mesmo que sejam poucas e de itens baratinhos. Mesmo assim, vale a pena colocá-las no planejamento para ter uma ideia mais realista do custo.

Outra dica, caso você queira fazer boas compras, é listar itens que gostaria de adquirir com antecedência. Assim, quando estiver no destino, você procura com mais foco e evita se distrair com gastos desnecessários.

Transporte

Como você vai se locomover no seu destino? Alugar um carro, ônibus, metrô, a pé? Considere a localização da hospedagem, os principais locais onde deseja ir e, com base nisso, defina a melhor opção para o seu caso.

Como incluir a viagem no orçamento?

Agora que você conhece as principais despesas antes e durante a viagem, como se planejar para fazer tudo caber no orçamento? O segredo de fazer um bom planejamento de viagem começa, claro, antes do passeio em si. 

Planeje suas finanças

A melhor maneira de organizar as finanças pessoais para incluir esse sonho no orçamento é fazer um planejamento financeiro pessoal.

O planejamento vai te ajudar a entender qual é o espaço que as suas finanças têm para incluir a despesa com a viagem. Se você já consegue poupar, quanto pode gastar sem comprometer sua reserva financeira, por exemplo?

Ou se você vai começar a economizar dinheiro do zero para viajar, onde pode cortar custos no seu dia a dia? Quanto essas reduções vão te gerar por mês? São perguntas importantes para entender o caminho até a viagem dos sonhos.

Defina quanto vai gastar

Só no primeiro trimestre de 2022, 40% das famílias brasileiras diz que viu sua renda diminuir, segundo uma pesquisa da empresa de dados TransUnion. 

Para planejar uma viagem que caiba no seu bolso, primeiro você deve definir quanto vai gastar. É hora de considerar tudo, tanto os gastos pré viagem quanto a estimativa dos custos durante o passeio: passagens, hospedagem, alimentação etc.

Em seguida, com o valor total previsto, você vai saber qual é a quantia que precisa para pagar a viagem. 

Separe os pagamentos antecipados e o dinheiro da viagem

Como você já sabe, toda viagem envolve gastos feitos antes do embarque e aqueles que acontecem durante o passeio.

Depois de estimar qual será o valor necessário para todos os gastos, divida em dois grupos: antes e durante a viagem.

Com isso feito, é importante entender qual é o orçamento disponível por mês para a sua viagem dentro do seu planejamento financeiro.

Se você tiver R$ 100 disponíveis, por exemplo, pode comprar as passagens em parcelas que não ultrapassem esse valor. Essas parcelas já são parte do custo da viagem. 

Caso seu orçamento esteja apertado, não se preocupe: vamos dar algumas dicas para juntar dinheiro daqui a pouco!

Além dos custos antes da viagem, existe o valor que você deve reservar para gastar por lá. 

Nesse caso, a dica é dividir o valor total pelo número de meses até a viagem. Por exemplo: se a sua viagem vai custar R$ 500 (considerando só os custos no destino) e será daqui a seis meses, você deve reservar cerca de R$ 84 por mês para esse objetivo.

Só não vale misturar o valor que você deve economizar para gastar na viagem com aquele que foi utilizado para pagar os custos prévios, ok? 

Monte uma estratégia para juntar dinheiro

Agora que você já sabe quanto vai custar sua viagem e quanto você precisa juntar até que ela aconteça, é hora de pensar: de que forma você vai conseguir essa grana para fazer a tão sonhada viagem?

O segredo também está no planejamento financeiro. Você tem dois caminhos principais: cortar custos para economizar ou, ainda, buscar novas fontes de renda.

Aqui, é importante ser realista: se você tem um prazo muito curto até a data de embarque e não vai conseguir poupar o dinheiro necessário, buscar opções de renda extra são a melhor opção para não se apertar.

Na hora de analisar suas contas e gastos do dia a dia, você pode se surpreender com pequenos cortes que podem fazer a diferença no final do mês. Veja 20 dicas para economizar com pequenas atitudes.

Outra alternativa é aproveitar as vantagens para economizar. Vai pagar uma conta? Escolha fazer o pagamento em um aplicativo que rende cashback, como o PicPay, por exemplo.

Leia mais: Cashback PicPay: como funciona e 5 formas de ganhar mais

Por outro lado, se você já tem dinheiro suficiente guardado para bancar a sua viagem dos sonhos, maravilha! Nesse caso, é importante ter atenção com duas coisas: a primeira é garantir que o passeio não vai consumir tudo que você tem guardado.

A segunda coisa é fazer seu dinheiro render até a data da viagem. Mesmo que a grana já tenha destino certo, não é legal deixá-la parada. Confira neste conteúdo quanto rende o seu dinheiro no PicPay.

10 dicas para economizar no planejamento de viagens

Além de um bom planejamento, algumas dicas podem te ajudar muito a economizar na hora de organizar a sua viagem. Olha só!

Escolha a viagem de acordo com o orçamento

Optar por um destino que seja compatível com a sua realidade é uma forma de curtir sua viagem sem se frustrar ou prejudicar as suas finanças com gastos muito altos.

E isso é mais comum do que você imagina. Uma pesquisa da plataforma TIM Ads sobre férias mostrou que os brasileiros estão preferindo férias mais baratas, especialmente neste momento de inflação alta e renda menor.

Assim, 29% dos participantes devem gastar menos de R$ 500 nas próximas férias, enquanto 17% pretendem desembolsar entre R$ 500 e R$ 1 mil, segundo a pesquisa. Apenas 10% disseram que pretendem gastar mais de R$ 5 mil.

Ao escolher uma opção mais em conta, isso também te faz ganhar tempo para que você possa economizar e se planejar para fazer uma viagem maior no futuro.

Pesquise preços 

Parece óbvio na hora de planejar uma viagem, mas saber o jeito certo de pesquisar preços é fundamental.

Além de usar os sites que citamos mais para cima ao pesquisar sobre o custo de vida de um lugar, confira algumas opções que podem te ajudar:

Passagem: para comparar o preço de passagens aéreas na hora de comprar, você pode utilizar sites como Kayak, Voopter, Skyscanner e Decolar. Também vale a pena ficar de olho em sites de promoções e pacotes, como Melhores Destinos, Viajanet e o próprio Decolar.

No caso das passagens de ônibus, você pode comparar diversas empresas pelo site das companhias e conferir sites como CheckMyBus, Transportal, Clickbus e Buser.

Hospedagem: existem sites que comparam preços de diversos hotéis, como Booking, Trivago e Hoteis.com. Em alguns casos, os aplicativos para celular oferecem condições especiais para quem reserva por lá, então vale pesquisar.

Você também pode conferir opções alternativas de hospedagem, como Airbnb.

Utilize alertas para ser avisado sobre promoções

Em diversos sites de passagens aéreas e pacotes de viagem, é possível ativar alertas que chegam no seu celular ou e-mail quando é lançada uma promoção.

Muitas promoções são as chamadas “relâmpago”, ou seja, que são muito rápidas. Por isso é muito melhor ser avisado na hora em que elas acontecem.

Mas não vale comprar por impulso, ein? Faça o uso consciente dos alertas, para garantir as melhores condições para o seu destino ou mesmo para encontrar uma boa opção para as suas férias (desde que caiba no orçamento).

Utilize milhas

Uma dica legal para viajar e conseguir desconto nas passagens aéreas é utilizar seu programa de milhas.

Se você tiver muitas milhas mas não for utilizá-las, também pode vender em sites especializados como uma forma de ter uma grana extra.

Converse com quem já fez a viagem

Um dos maiores desafios de como planejar uma viagem é que várias informações sobre o destino só são descobertas na hora que você chega lá.

Para minimizar isso, uma boa estratégia é conversar com alguém que já tenha feito a mesma viagem antes. Pegue dicas da melhor localização de hospedagem, meios de transporte no local, alimentação em conta etc.

Se não conhecer ninguém, você pode pesquisar sobre o destino em blogs de viagem, que trazem muitas dicas de turistas que já foram até lá ou mesmo de pessoas que vivem na cidade.

Considere viajar em grupo

Viajar sozinho pode ser uma ótima experiência, mas ir com um grupo de amigos ou mesmo com a família pode ser uma forma de economizar.

Isso porque pode ser uma forma de dividir os custos da hospedagem e também pode ser uma maneira de buscar um pacote em agências que oferecem desconto na reserva do hotel ou compra da passagem.

Uma dica aqui: sempre vale checar se o preço realmente vale a pena, viu? Não se esqueça de pesquisar antes.

Viaje em baixa temporada

Viajar para um destino em alta temporada vai tornar tudo mais caro. Por isso, optar por momentos de menor movimentação é uma chance de preservar seu dinheiro.

Por exemplo, as praias do Nordeste do Brasil são muito procuradas no período das férias escolares, de dezembro a janeiro. Se você puder evitar esse período, pode optar por novembro, por exemplo, um mês de pouca chuva e baixa temporada.

Isso não vai prejudicar em nada a sua experiência e ainda vai evitar grandes lotações e preços muito altos.

A mesma lógica vale para destinos internacionais, como a Argentina e o Chile. Eles são muito procurados durante o inverno, entre junho e setembro. Para economizar, você deve evitar esses meses.

Faça algumas refeições em casa

Algumas hospedagens oferecem uma estrutura de cozinha. Se for o seu caso, aproveite para fazer algumas refeições em casa e economizar com alimentação.

Também existem várias opções de refeições práticas em supermercados, como saladas, que podem ser uma alternativa para gastar menos na hora de comer.

Pesquise sobre programas gratuitos

A gente falou sobre a importância de planejar alguns passeios com antecedência, porque podem ser mais baratos. Mas os programas gratuitos são um jeito excelente de aproveitar um lugar sem gastar muito.

Os blogs de viagens podem ajudar aqui também, na hora de entender o que vale a pena, como aproveitar melhor e como se programar.

Use o transporte como pernoite

Vai viajar para mais de uma cidade? Uma opção é fazer o trajeto durante a noite, para economizar a diária da hospedagem.

Existem opções de ônibus bem confortáveis que fazem esse papel. Além de não “perder” tempo da viagem em deslocamento, é uma forma de poupar.

Mantenha o foco

Você definiu um orçamento para a sua viagem na hora de planejar, certo? Tão importante quanto isso é se manter no foco.

Não se deixe levar por impulso ao ver promoções ou ofertas que não fazem parte do que você pensou lá no início. Isso vai te ajudar a não estourar o orçamento da viagem.

Gostou das dicas? Então, confira outros conteúdos com dicas de planejamento financeiro para cuidar melhor do seu dinheiro!

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 9

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados