Análise: produção industrial no Brasil em abril de 2024

O que é e como funciona o indicador de produção industrial no Brasil? Entenda e confira a análise da última Pesquisa Industrial Mensal, do IBGE

5 de junho de 2024

Existem diversos indicadores fundamentais para analisar o cenário econômico do país e do mundo. Alguns deles são medidos pela Pesquisa Industrial Mensal, que, entre outras coisas, avalia o índice de produção industrial do país.

Quer saber mais sobre o tema? Siga a leitura e veja também a análise do time de economistas do PicPay sobre os dados mais atualizados. 

Análise da produção industrial em abril

Por Igor Cadilhac, economista do PicPay.

Abaixo das nossas estimativas, a indústria nacional apresentou uma variação de -0,5% na passagem de março para abril, representando uma expansão de 8,4% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Apesar do geral ter ficado no campo negativo, houve uma predominância de resultados positivos.

Mais uma vez, o que puxou o indicador foi a indústria extrativa (-3,4%) e os produtos alimentícios (-0,6%), setores que representam cerca de 30% do peso industrial.

Entre as 25 atividades industriais, 18 registraram expansão em relação ao mês anterior.

Dessas atividades, o principal destaque foi o setor automobilístico (13,2%), dado o aumento da produção de automóveis, caminhões, autopeças e ônibus.

Olhando à frente, a nossa perspectiva é de uma indústria relativamente positiva neste ano.

Entre os fatores que colocam um viés altista estão: i) recuperação do setor manufatureiro global; ii) balança comercial robusta, com bom desempenho das exportações de petróleo, minério de ferro e soja e; iii) políticas de estímulos à atividade econômica por parte do governo, como o Novo Plano Industrial.

Do lado baixista, seguem principalmente: i) a desaceleração da economia global e; ii) perspectiva de um ciclo de corte de juros menor que o esperado anteriormente. Projetamos uma variação de 1,6% para a produção industrial brasileira em 2024.

O que é a Pesquisa Industrial Mensal do IBGE?

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF) é um dos pilares do sistema de informações estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Seu principal objetivo é coletar dados detalhados sobre a produção física das indústrias brasileiras, fornecendo informações cruciais sobre a evolução e tendências do setor industrial no país.

Essa pesquisa é conduzida mensalmente, abrangendo uma ampla gama de indústrias, desde a fabricação de bens de consumo até a produção de equipamentos industriais. 

A coleta de dados é realizada por meio de questionários enviados às empresas, que reportam informações sobre a quantidade produzida, o faturamento, a utilização da capacidade instalada, entre outros aspectos relevantes.

Em resumo, a PIM é um importante indicador de saúde econômica, já que a produção industrial é um dos principais motores da economia. 

Através da Pesquisa Industrial Mensal, é possível monitorar a saúde desse setor, compreendendo seu desempenho e identificando tendências precocemente.

Além do mais, serve como auxílio para tomadas de decisão. Empresas, investidores e formuladores de políticas econômicas utilizam os dados dessa pesquisa para embasar suas decisões. 

O conhecimento sobre a produção industrial ajuda na definição de estratégias de negócio e políticas públicas.

Confira abaixo os indicadores acompanhados pela pesquisa:

Produção Industrial: O índice de produção industrial é um dos principais indicadores revelados pela pesquisa. Ele mostra a variação da produção ao longo do tempo, permitindo análises de crescimento ou retração do setor industrial.

Utilização da Capacidade Instalada: Esse indicador mostra a proporção da capacidade produtiva efetivamente utilizada pelas indústrias. É uma métrica importante para compreender a intensidade da atividade produtiva e sua capacidade de atender à demanda.

Diversificação Setorial: A Pesquisa Industrial Mensal também detalha informações sobre diferentes setores da indústria, permitindo análises mais específicas sobre o desempenho de segmentos como automobilístico, farmacêutico, alimentício, entre outros.

É possível, portanto, afirmar que as informações reveladas pela Pesquisa Industrial Mensal têm impactos significativos, como:

Mercado financeiro: Os dados da pesquisa influenciam as expectativas do mercado financeiro, afetando decisões de investimentos e especulações.

Política monetária: Os indicadores da pesquisa podem influenciar as decisões de política monetária do Banco Central, especialmente no que se refere à definição de taxas de juros.

Planejamento empresarial: Empresas utilizam esses dados para planejar estratégias de produção, ajustar estoques e antecipar demandas do mercado.

Leia mais: Conheça o podcast Diário Econômico PicPay

Você é do tipo de pessoa que gosta de ficar antenada nos fatos que impactam os mercados? Então acompanhe a nossa editoria de análises econômicas.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados