Qual foi o PIB do trimestre? Veja a análise do PicPay

Veja para que serve a divulgação do PIB do trimestre e confira a análise dos últimos números divulgados pelo IBGE

O Produto Interno Bruto, mais conhecido pela sigla PIB, é um dos indicadores econômicos mais importantes para medir a atividade econômica de um país. A cada três meses, é divulgado também o PIB do trimestre.

Quer saber mais sobre o tema e ver a análise da última divulgação de PIB no Brasil? Então siga a leitura.

O que é PIB?

Em resumo, o PIB representa o valor total de bens e serviços finais produzidos em determinado período de tempo dentro

No Brasil, o cálculo do PIB é uma peça central na avaliação da saúde econômica do país e é divulgado trimestralmente e anualmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O método mais utilizado para calcular o PIB é o da despesa, que considera os gastos realizados em quatro grandes categorias:

Consumo das famílias: Refere-se aos gastos dos consumidores com bens e serviços, como alimentação, moradia, saúde, educação, entre outros.

Investimentos: Incluem os gastos das empresas em máquinas, equipamentos, construção civil, além dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

Gastos do governo: Englobam os investimentos realizados pelo governo em infraestrutura, saúde, educação, segurança, entre outros.

Saldo da balança comercial: Representa a diferença entre as exportações e importações do país, ou seja, as transações comerciais com outras nações.

O PIB é calculado a partir da soma de todos esses componentes, além de considerar ajustes referentes a impostos e subsídios.

De acordo com o IBGE, o PIB mede apenas os bens e serviços finais para evitar a dupla contagem. 

“Se um país produz R$ 100 de trigo, R$ 200 de farinha de trigo e R$ 300 de pão, por exemplo, seu PIB será de R$ 300, pois os valores da farinha e do trigo já estão embutidos no valor do pão.”

Como falamos acima, o cálculo do PIB é feito em dois recortes diferentes de tempo: trimestralmente e anualmente. 

Os resultados trimestrais fornecem uma visão mais detalhada sobre a evolução da economia ao longo do tempo, enquanto os resultados anuais permitem uma análise mais abrangente e comparativa.

Além disso, o PIB brasileiro é classificado em três setores principais:

Setor Primário: Engloba a agricultura, pecuária, extrativismo vegetal e pesca.

Setor Secundário: Inclui a indústria, englobando a transformação de matérias-primas em produtos acabados.

Setor Terciário: Abrange os serviços, como comércio, educação, saúde, turismo, entre outros.

Se você quiser saber mais a respeito do tema, confira o nosso conteúdo completo sobre o que é PIB e qual sua relação com o crescimento econômico.

Qual é a importância do PIB?

O PIB é uma medida crucial para entender o crescimento econômico de um país. Ele influencia políticas governamentais, tomadas de decisão de investidores e até mesmo o comportamento dos consumidores. 

Leia mais: Conheça o podcast Diário Econômico PicPay

Um aumento no PIB geralmente está associado a um aumento na renda nacional, melhoria no padrão de vida e maior oferta de empregos.

No Brasil, o acompanhamento trimestral e anual do PIB fornece insights cruciais para orientar políticas econômicas e estratégias de investimento, impactando diretamente a vida dos cidadãos e o desenvolvimento nacional.

Embora seja um indicador importante, o PIB tem limitações. Ele não considera fatores como distribuição de renda, qualidade de vida, impactos ambientais e trabalho não remunerado, como atividades domésticas. 

Por isso, é essencial analisar outros indicadores complementares para uma avaliação mais completa da situação econômica e social de um país.

Qual é o PIB do Brasil?

Em 2022, o PIB do Brasil foi de R$ 10,1 trilhões. Já o PIB do terceiro trimestre de 2023 foi de R$ 2,7 bilhões. 

TrimestrePIB
3º trimestre de 2023R$ 2,74 bilhões
2º trimestre de 2023R$ 2,70 bilhões
1º trimestre de 2023R$ 2,58 bilhões
4º trimestre de 2022R$ 2,64 bilhões
3º trimestre de 2022R$ 2,60 bilhões
2º trimestre de 2022R$ 2,51 bilhões
1º trimestre de 2022R$ 2,31 bilhões

Análise do PIB do 3º trimestre de 2023

Por Igor Cadilhac, economista do PicPay.

O levantamento mais recente do IBGE mostra que o PIB avançou 0,1% no 3T23 frente ao 2T23, já descontados os efeitos sazonais do período, e começou o segundo semestre com crescimento de 2% ante o mesmo período do ano anterior. 

O número veio melhor do que as nossas projeções que apontavam uma queda de 0,1%. Como o PIB teve revisão histórica da série, estamos olhando com mais cuidado, mas boa parte da surpresa positiva veio dos serviços melhores.

Do lado da oferta, com exceção da agropecuária (-3,3%), os setores apresentaram expansão na margem. Tanto os serviços quanto a indústria avançaram 0,6%. 

Entre as atividades, na indústria, o avanço foi puxado, principalmente, pelo setor de Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos, que subiu 3,6%. 

Já nos serviços, o crescimento foi baseado nas financeiras (1,3%), imobiliárias (1,3%), utilidade pública (0,4%) e outras (0,5%).

Já do lado da demanda, o consumo das famílias surpreendeu, mostrando crescimento robusto de 1,1%. 

Por outro lado, seguimos percebendo alguns contrapontos: a queda dos investimentos (-2,5%), nos sinaliza um tipo de abertura que não se espera de uma economia forte.

Olhando para frente, os números mais fortes não alteram o cenário de desaceleração da atividade econômica. 

De um lado temos os efeitos defasados da política monetária, a dissipação do impulso no período pós-pandemia e um arrefecimento da demanda externa.

Por outro, ainda temos observado um mercado de trabalho aquecido, contribuindo para um crescimento da massa salarial, e a permanência de alguns estímulos governamentais. 

Para 2023, preliminarmente mantemos um crescimento de 2,9%.

Você gosta de ficar por dentro de todos os indicadores que impactam os mercados? Acompanhe a nossa editoria de análises econômicas e não perca nada.

Esse conteúdo foi útil? Deixe aqui sua avaliação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Compartilhe este Post:

Conteúdos relacionados